segunda-feira, 5 de março de 2007

Amizade entre bovinos e bovinas

Aproveitando a última crônica da nossa querida vaca A . P., não podia deixar de emitir aos colegas de rebanho, a minha singela e sincera opinião sobre o assunto, até porque considero, a amizade um dos mais nobres sentimentos, imprescindível de se vivenciar ao longo de uma existência bovina.
Falo de verdadeiras amizades, ou seja daquelas pessoas, estranhas ao "clã" bovino habitual, que o "destino" faz, com que nos encontremos ao longo da vida e que, com o passar dos anos se tornam absolutamente indispensáveis a nós, - porque ali se estabeleceu - uma relação de amor, absolutamente "descompromissada", de confiança, de alegria, de bem estar, de respeito e porque não dizer de admiração !
Infelizmente, em nossa efêmera existência, a gente pode dizer, sem medo de errar, que possui um infinito número de conhecidos(as), mas no final das contas, amigos leais e verdadeiros, se contabilizam e se resumem na ponta dos dedos mesmo !
Pois somente, com verdadeiros amigos, podemos dar o "ombro ou o lombo" prá chorar, podemos fazer graça e até fiasco, sem medo de severas críticas, -porque amigos podem e devem criticar sim, (senão não seriam amigos sinceros e leais).
Resumindo: Somente entre amigos, você "simplesmente se permite, ser a vaca ou o boi que é" sem medo de ser feliz, e ponto! (A definição não é propriamente minha, "roubei emprestado" da escritora Lya Luft - mas sintetiza em meu entender, o que venha a ser um verdadeiro(a) amigo(a) bovina(o).
Ou você vai se expor dessa forma, para qualquer boi ou vaca, que não considera amigo(a) ? Claro que não, não é mesmo ?
Daí o porquê de amigos(as) na acepção verdadeira de uma amizade, se mostrarem raros. Simplesmente, porque são leves e absolutamente confiáveis, com a vantagem, de podermos dividi-los numa boa, com resto do rebanho, por não existir nessa especial relação bovina de amizade, o por vezes "nefasto" ciúme, sempre presente, nas relações bovinas que envolvem amor. Sim na amizade, há amor e muito. Só não há lugar para ciúmes e passionalidades!
Concluindo: Somente dentro desta sintética ótica de amizade, entendo como perfeitamente viável, uma amizade salutar e saudável entre bovinos e bovinas da espécie.
Só que, entre bovinos de sexos opostos que se intitulam amigos, costuma aparecer às vezes, um indesejável e intruso componente adicional, que pode atrapalhar a amizade. Ou seja, a nossa velha e conhecida sexualidade, componente integrante da chamada natureza humana, digo bovina, que ao longo dessa relação de amor, também chamada de amizade, pode nela querer se imiscuir, ainda que os amigos bovinos em questão, não estejam inicialmente predispostos e sensíveis a ela.
Por conta deste componente indesejável, é que provavelmente advenha, o meu particular ceticismo, em relação às amizades de bovinos do mesmo sexo, porque não raras às vezes, essa sexualidade bovina, aflora, sem querer, entre os "amigos", e aí a amizade vai pro "matadouro" naturalmente, porque se instaura entre os inicialmente amigos, o avassalador sentimento de passionalidade, irmão gêmeo dos ciúmes, que é certamente devastador para qualquer amizade.
Infelizmente, perdi grandes amigos bovinos ao longo dessa vida, por essa talvez não bem administrada questão.
Colegas bovinos de escola, de universidade e até de trabalho interessantíssimos, que tive o prazer de conhecer, trocar experiências de vida, e conviver por algum tempo, mas que a amizade infelizmente sucumbiu, porque em determinado momento, esses amigos obraram por confundirem as coisas... Isto porque, eu, sempre no meio dessas iniciais amizades já me encontrava supostamente envolvida com outros "bois" ... Aí, os amigos, simplesmente, não suportaram o fato ... Imagina, dividir a amiga com outro "boi" indesejável ... E, por opção própria, logrei por "perder" esses amigos, literalmente por outros "bois", o que não deixou de ser uma lástima ...
Por isso bovinas e bovinos, para se viver uma verdadeira amizade com o sexo oposto, com tudo o que uma amizade tem de bom, deve-se necessariamente esquecer, ainda que de forma momentânea, que vocês se tratam de "machos e fêmeas",(se é, que dá pra se esquecer esse detalhe) para não haver as citadas confusões...
Talvez por isso e só por isso, é que as por nós conhecidas "amizades eletrônicas" (via internet), tenham proliferado tanto, pois não há inicialmente o contato pessoal, visual e direto e a sexualidade assim, nos primeiros contatos, fica naturalmente sublimada !
Diante desse panorama, e apesar das já relatadas adversas experiências na área, quero continuar a crer, que vacas e bois, podem sim, e devem coexistir como amigos, (pois uma vez "driblada", "essa pequena" questão da sexualidade), por certo essa amizade, poderá vir a ser em muito enriquecedora para ambos, pois "VACAS E BOIS", ainda têm muito que apreenderem uns sobre os outros !!!
Em tempo: Não acredito em "amizades coloridas" !
UM BRINDE ÀS VERDADEIRAS AMIZADES ! TIM TIM !!!

DM.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



 

 

Um olhar feminino sobre o universo... digamos, bovino. Mulheres falando da vida e de outras mulheres.
Mulheres explicando às outras que, querendo ou não, somos todas umas vacas!




A calma alma má
A cor da letra
Adão Braga - Corpo, alma e espírito
Adão Braga - Conectado
Aletômetro
All Racing
Apoio Fraterno
Ansiosa e prematura
Avassaladora
Banana com peperoncino
Bomba MH
By Oscar Luiz
Coisas e tralhas - Mutumutum
Colóquio
Concerto em Dó Menor
Conversas furtadas
Eu sei, mas Esqueci
Eu sou garota?
Fábio Centenaro
Geek Chic
Gothicbox
Hipermoderna
Immortal lust
Instant Karma
Isso é Bossa Nova!
Irmãos Brain
Jornal da Lua
Juarez, o cabrito montês
Limão Expresso
Luz de Luma, yes party!
Jogando Conversa fora
Mas, bah!
Mais atitudes
Matérias repugnantes de um brejo
Melica
Memórias póstumas de um puto prestimoso
Meu cantinho
MOrsa sem pelo
Mulher é tudo bandida
Mulher Remédio
Neuróticos modernos - Filosofia mequetrefe
O estranho mundo de Mila
Oncotô?
Os pensamentos de eu e ela
Paola, a estranha
Papo de buteco
Pensar enlouquece, pense nisso
Pererecas em chamas
Pérolas políticas
Remembrança
Saber é bom demais
Sem frescura
She's like the wind
Sinceros receios
Smile
Sobre sapos, pererecas e afins
Somos todos uns cachorros
Sou para-raio de doido
Uma mente nada brilhante
Van Filosofia
Vertente
Wolverine responde



Fevereiro 2007

Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Dezembro 2009
Março 2010





Powered by Blogger



eXTReMe Tracker