quinta-feira, 10 de maio de 2007

PORQUE OS BOIS GOSTAM MESMO TANTO DE SEXO ?



Não adianta nada você ser uma vaca PHD em física quântica, ter mestrado em filosofia em Oxford, e/ou falar nove idiomas, porque em primeiríssimo lugar, o que efetivamente chamará atenção de um bovino sobre você, será seu “sex appeal” de vaca sedutora! Todo o resto, mas todo o resto mesmo, poderá vir a ser apreciado ou não, em um segundo momento, ou por muitos bovinos talvez nunca !

Tenho a “leve” impressão de que bois pensam em sexo, quando acordam, quando trabalham, e muito provavelmente quando dormem, devem estar a sonhar nada mais, nada menos do que em SEXO!
Como tenho um filho macho, e, em minhas sempre curiosas elucubrações sobre o tema, resolvi pesquisar o assunto, no intuito de melhor entender, as particulares nuances dos companheiros de rebanho. E fiz descobertas surpreendentes. Vejam o que encontrei, e pasmem!

Pois bem, li dias desses um estudo de uma vaca antropóloga sobre o assunto, onde esta concluiu que a inclinação exacerbada dos machos para o sexo, se encontra intimamente relacionada a questões de natureza antropológica e instintiva.

No respeitável trabalho, a douta vaca antropóloga, concluiu que por razões instintivas, bois necessitam mais de sexo do que às vacas, guindados pelo instinto primitivo e inconsciente, de perpetuação da espécie. Assim, por razões meramente “instintivas” necessitam os machos da espécie, espalhar o maior número possível de espermatozóides no maior número possível de fêmeas ! (Belo argumento para uma pulada de cerca do curral hem?)

Parênteses: (Juro, se um dia meu bovino, ousar me enfrentar com um argumento desses, literalmente quebro o tratado de antropologia na cabeça chifruda dele).

Mas, a coisa não para por aí. Voltando a antropologia, concluiu a mesma vaca também, pelas mesmas citadas razões antropológicas, que machos da espécie humana (aqui metafórica e carinhosamente caricaturados de bovinos) “suportam” permanecer com uma só fêmea, por um período máximo de 5(cinco) anos... - Fiquei “bege”! E não pude deixar de pensar: - Devo estar no lucro, estou com o mesmo bovino há quase 10 anos!

Prosseguindo, explicou ainda, dita doutora, que em função do hormônio masculino, testosterona, o qual também se acha associado à produção de espermatozóides, necessitam os machos expelir os espermatozóides com uma regular (para não dizer, quase diária) habitualidade, a fim de não haver uma sobrecarga de “produção” e estes não envelhecerem, estando assim sempre novos e saudáveis, visando também à perpetuação e o aprimoramento da espécie.

- Hãaaarrã...balbuciei. - Segredos antropológicos da natureza humana masculina!

Pois é gente, se há um “fundinho” de verdade nisso tudo, e sou inclinada a achar que sim, nossos companheiros não evoluíram muito, na questão antropológica sexual, eu diria até, que alguns ainda permanecem muito primitivos.

Mas o estudo em questão, até que elucida e justifica, muitas das nossas diferenças sobre o tema. Exemplos: O gosto dos machos por pornografia, a maior facilidade deles para cometer qualquer tipo de infidelidade, a necessidade sempre preemente de sexo, diferente de nós vacas.

Ou alguma vaca “tarada” aí vai me dizer, que quase morreu por ficar uma semana sem “sexar” para não dizer outra coisa ? (Afinal o blog pretende ser de alto nível!) Já os bois, sei não... Sem sexo por algum tempo viram literalmente lagartixas e sobem paredes ...

Por isso meninas, esqueçam as famosas “dores de cabeça”, quando der é claro, e estejam, sempre dispostas e desejáveis para seus machos! Quem sabe assim a gente tenta minimizar o sempre presente risco das “outras vacas de plantão”, e os mantém sempre satisfeitos e contentes ! Afinal sexo bem feito, é sempre bom para todo mundo, além de ser extremamente saudável, dentre outros benefícios, é claro ....

PS: Por favor, interpretem o texto como científico e não como machista!Também achei um saco tudo o que li dessa “vaca antropóloga”, mas que ela pode vir a ter razão, lá isso pode ...

Lado positivo e otimista da coisa toda: Somos “antropologicamente” falando, muito mais evoluídas que eles, se é que isso serve de consolo !

DM


5 Comentários:

Blogger Beth disse...

Me fez lembrar o livro: Porque os bois fazem sexo e as vacas fazem amor. hahahahahaha ... que inclusive anda sendo indicado nos cursos de noivos por ai a fora. Uma vez, eu escrevi dois texto hilários "Cinderela Plugada" e "Visão Periférica" .......onde digo que a nossa visão periférica é sempre superior a deles. hahahaha.
Vai entender os bois!!!! Ainda bem que tem semper outro boi olhando para a vaca do boi que olha para a outra vaca. hahahahahaha

11 de maio de 2007 00:20  
Blogger raquel disse...

DM esta empolgadissima com o blog meninas vou passar para voces por e mail um tema e vc postam ok
saudades gigantes rachel

11 de maio de 2007 16:20  
Blogger DM disse...

OI VACA RACHEL!!!

SAUDADES DE VOCÊ TAMBÉM, SUPER BEIJO DE DIA DAS VACAS MÃES, BEIJOS NAS CRIANÇAS
MANDA OS TEXTOS !!!

13 de maio de 2007 13:28  
Blogger Thiane disse...

Sabe, outro dia a GNT passou um documentário sobre as diferenças hormonais entre meninos e meninas. A testosterona é responsável pelo dsejo sexual tb em nós mulheres. A diferença é que nós o temos em menor quantidade. Uma pena. Então, vamos pelo menos usar o pouco que deixaram pra nós. não é mesmo? Feliz Dia das Mães!

13 de maio de 2007 19:44  
Blogger AP disse...

Thiane, a testosterona, quando demais no corpo feminino, dá espinhas e faz o cabelo cair! Por isso, melhor mesmo a gente se contentar com a quantidade que tem... Beijos!

13 de maio de 2007 20:17  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



 

 

Um olhar feminino sobre o universo... digamos, bovino. Mulheres falando da vida e de outras mulheres.
Mulheres explicando às outras que, querendo ou não, somos todas umas vacas!




A calma alma má
A cor da letra
Adão Braga - Corpo, alma e espírito
Adão Braga - Conectado
Aletômetro
All Racing
Apoio Fraterno
Ansiosa e prematura
Avassaladora
Banana com peperoncino
Bomba MH
By Oscar Luiz
Coisas e tralhas - Mutumutum
Colóquio
Concerto em Dó Menor
Conversas furtadas
Eu sei, mas Esqueci
Eu sou garota?
Fábio Centenaro
Geek Chic
Gothicbox
Hipermoderna
Immortal lust
Instant Karma
Isso é Bossa Nova!
Irmãos Brain
Jornal da Lua
Juarez, o cabrito montês
Limão Expresso
Luz de Luma, yes party!
Jogando Conversa fora
Mas, bah!
Mais atitudes
Matérias repugnantes de um brejo
Melica
Memórias póstumas de um puto prestimoso
Meu cantinho
MOrsa sem pelo
Mulher é tudo bandida
Mulher Remédio
Neuróticos modernos - Filosofia mequetrefe
O estranho mundo de Mila
Oncotô?
Os pensamentos de eu e ela
Paola, a estranha
Papo de buteco
Pensar enlouquece, pense nisso
Pererecas em chamas
Pérolas políticas
Remembrança
Saber é bom demais
Sem frescura
She's like the wind
Sinceros receios
Smile
Sobre sapos, pererecas e afins
Somos todos uns cachorros
Sou para-raio de doido
Uma mente nada brilhante
Van Filosofia
Vertente
Wolverine responde



Fevereiro 2007

Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Dezembro 2009
Março 2010





Powered by Blogger



eXTReMe Tracker