terça-feira, 31 de julho de 2007

CLUBE DO "BOLINHA" BOVINO



Contrariamente ao que usualmente fazem as vacas quando estas se reúnem em seu seleto clube de “Luluzinhas”, estou a desconfiar que bois reunidos na presença de outros bois, a que título seja a reunião, não possuem o hábito de falar abertamente e sem “grilos”, de sua vida pessoal, ou de si próprios. A tônica de tais conversas masculinas, em minha humilde intuição e constatação de vaca, deve se mostrar limitada, quando muito a assuntos relativos a negócios (trabalho), dinheiro, política, economia, futebol e outros esportes, sacanagem e pornografia, além de “performances sexuais”, mas sempre com “as outras Vacas”, é claro, as tidas “vacas paralelas”. Nunca ouvi falar, de bois que discutem entre si, sua vida pessoal e íntima com a “vaca oficial ou própria”, como o fazem despudoradamente às vacas. Até aí, eu compreendo essa “pseudo-timidez” masculina, quando se trata de falar da vaca titular. A justificativa plausível para tal, é mais do que fundamentada na prudente “reserva de mercado”. Afinal devem os bois zelar e cuidar de suas companheiras, sem as expor à cobiça de outros bois. Se assim não o fosse, não existiria aquele já tão profanado pecado bíblico, “Não cobiçarás a mulher do próximo”, porque bois, por sua natureza primitiva, estão sempre mesmo a cobiçar o rabo da saia da vaca do vizinho, ainda que de forma inconsciente.

Estranho, e paradoxalmente engraçado isso, não é mesmo ? Entre nós vacas, isso não acontece. Quando nos reunimos entre amigas leais e companheiras,(eu disse leais e companheiras) simplesmente falamos de tudo sem qualquer preconceito, até mesmo do que rola entre as “quatro paredes do curral bovino” juntamente com nossos “bois” titulares, sejam eles maridos,namorados, rolos e afins. E o papo é por vezes muito divertido, porque entre vacas, não existe qualquer tipo de censura prévia, sequer esse medo, “em tese” de que alguma das vacas amigas ali reunidas, vai cobiçar o marido da outra. Existe portanto, dentro desses parâmetros, uma certa ética bovina feminina implícita para essas questões. O mesmo não podendo se dizer dos bois, pois eles, ao que consta sempre procuram ocultar para seus amigos, que sua vaca é mesmo “boa”, e quando eventualmente a enaltecem, o fazem de forma discreta, chamando atenção para detalhes secundários do tipo: Minha mulher é extremamente competente como mãe, como profissional, mas já como mulher... Melhor falar da “boa” da esquina ou da revista ...

Não posso então, aí deixar de vislumbrar uma visível insegurança bovina masculina, para com seus companheiros, e/ ou, um medo natural disfarçado às duras penas, da incontestável competição que se instaura mesmo entre companheiros de rebanho tidos como ”mui amigos”.

Então, desnudadas a “olho-nú” semelhantes “fraquezas” masculinas, com que desfaçatez, vem alguns bois aqui, a proclamar que a “Confraria ou o corporativismo Masculino” se mostra mais sedimentado ou seguro, até por razões históricas, do que a “Confraria Feminina”? Se vocês bois, por mais “amigos para siempre”, que sejam, às vezes parecem ter um certo temor de si próprios em relação às vacas de seus próprios companheiros... (Sim mutante Wolwe, essa é para você ...)

Verdadeiras Vacas amigas são por certo mais éticas, que verdadeiros bois amigos !

Mas absolvo os bois na questão, afinal nós vacas, pensamos e agimos com uma só “cabeça”, já verdadeiros “bois” tem sempre "duas" para pensar, agir e controlar não é mesmo ? E na citada competição, que vençam sempre os melhores "amigos" HÁ HÁ HÁ ...








32 Comentários:

Blogger DrFox disse...

DM,

Assim você está chamando os bois pra briga! hehehe

Bom, vou postar meus 2 centavos, mas já avisando que é a minha visão pessoal do tema.

Então vamos lá:

Sinto informar, mas essa visão de fraqueza ou timidez, passa longe das razões pelas quais somos reservados em relação a vaca titular.

O boi só faz isso para preservar sua companheira, pois detalhes particulares revelados entre 4 paredes, se tornados públicos, podem comprometer a reputação da vaca, caso num futuro venha a mudar de pasto, não constituindo portanto reserva de mercado, mas proteção do patrimonio vaquistico.

Amiude, é uam atitude até nobre dos bois.

As vacas ao contrário, não possuem esse conceito de preservação, preferindo 'confiar' na vaca-amiga alheia, acabam expondo aspectos de seus bois que os mesmos não gostariam de ver publicados em lugar nenhum.

Na prática, esse gesto gera muita confusão, isso quando a vaca decide utilizar segredos de estado como arma contra um outrora boi-companheiro.

Resumindo, o que a você parece fraqueza, na realidade é força e o que parece algo que lhe parece trivial entre as vacas, não deixa de ser uma punhalada nas costas do boi-companheiro.

Hoje eu estou com a língua afiada.

Bjs

31 de julho de 2007 22:18  
Blogger DM disse...

Notei querido, sua língua afiada... Também tô sarcástica hoje !! Mas tudo bem, podemos conviver com infinitas diferentes opiniões sobre os mais diversos temas ... Mas lamento, no caso em questão, acho que longe de preservar as vacas, vocês bois preservam acima de tudo vocês mesmo ! E tenho dito doutor ...
De qualquer forma, belíssimo comentário ...

Beijos

31 de julho de 2007 22:35  
Blogger Claudio disse...

DM, eu acho um absurdo dicutir a vida do parceiro ou da parceira com os amigos. Acho que existem assuntos que são muito intimos e você acaba expondo o companheiro.

Se o boi quiser comentar que ele é o tal, ou tem o pinto grande, ou comeu 38 mulheres nas últimas 24 horas, o problema é dele.

Se a vaca quiser comentar com as amigas que ela deu no estacionamento, ou que goza só quando está vestida de roxo com potinhas amarelas, ou que prefere loiros a morenos, o problema é dela.

Só não concordo quando se comenta algo sobre o parceiro (seja ele oficial ou paralelo). Acho sinceramente uma falta de respeito e uma total invasão a privacidade do outro.

Nesse ponto acho que bois e vacas são iguais: ou respeitam o parceiro (ainda que eventual) ou não. E isso não depende do número de cabeças envolvidas, na minha opinião.

bjs

31 de julho de 2007 22:40  
Blogger DM disse...

Lamento informa-los, mas as vacas falam de tudo sim ! Coisas da natureza feminina, sei lá até para se trocar experiências na área, ver se estão agindo certo, e o que tá rolando aqui, rola acolá ... Talvez isso seja resultado de tanta repressão na área sexual, historicamente sofrida pelas vacas. Mas que aconteçe, acontece ... Mas fiquem tranquilos, se está com o boi muito tempo, a gente só enaltece eles na área, se assim não o fosse, não estaria com o mesmo?

By de way, vocês não admitem mesmo, a competição na área, hem ? Que dureza bois......

31 de julho de 2007 22:48  
Blogger Cordeiro Mau disse...

Não sei quanto aos outros. Mas eu NUNCA me abro com as pessoas seja lá qual for o motivo.

Minha ex me chamava de homem de gelo pois o meu mundo pode estar acabando e eu vou estar com a mesma aparência.

Acho que "sensibilidade" é uma coisa que não tenho e nunca terei. hahahahaha

Sou meu próprio psicólogo e conselheiro. Ela dizia que não compartilhar os sentimentos deixa a gente amargurado por dentro e acaba fazendo mal. Mas eu vivo muito bem com isso, até prefiro assim. O individualismo.

É só.

Até mais.

31 de julho de 2007 23:42  
Anonymous Adão Braga disse...

Interesssante depoimento. Desde o inicio da década de 90, li algo numa revista que dizia que mulher quando reunida falam de 3 coisas:

1 - Festa;
2 - Roupa;
3 - Homem.

Nunca pude ter a certeza se a revista havia baseado a informação nalguma pesquisa, entretanto, ao menos o item 3 a Vaquinha DM, já admitiu.

Eu, em particular, não comento com todos os amigos sobre minha vaca. Há apenas 1 amigo, o "Coisa", que vez ou outra trocamos algumas confidencias.

Sei também, por parte de minha vaquinha, que há sim, tais conversa entre ela e suas amigas e "cumades".

Minha regra, herdei de um amigo que mora me T. de Freitas. A intimidade do casal pertence ao casal, e falar com outro amigo, o que se faz com a esposa, pode atiçar o desejo deste, e ele não tendo em casa, vir procurar justamente, onde sabe que há.

Nós não somos como alguns primatas que tem visgo nos espermas... então é melhor não correr riscos.

Quanto a vacas dos amigos, quem não conhece a antiga frase:

Vaca de amigo meu, é igual a cebola, como chorando;

E também aqui pras bandas do N.E. é bem conhecida a música de Castanha e Caju, que diz entre outras frases as seguintes:

"Vaca de amigo meu, é igual a violino, viro a cara e meto a vara;

Vaca de amigo meu é igual a trombone, eu meto a boca"

Por fim, há sempre entre alguns bois o temor cristão, e o mandamento bíblico que diz:

"Honrado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; pois aos devassos e adúlteros, Deus os julgará." - Hebreus 13:4

Há muitos bois espirituais...

http://www.holistica.com.br/artigo1

1 de agosto de 2007 00:15  
Blogger Wolverine Logan disse...

DM
Me desculpe mas o comentário que comecei aqui te que transformar em um post lá no blog, foram 4 parágrafos, ficou enorme, mas combinemos que os comentários sejam feitos todos aqui pra não abrir duas frentes de discursão.
Aproveitem pra responder o teste de quociente corpóreo.
Beijos

1 de agosto de 2007 03:30  
Blogger Lih disse...

Realmente, pensando nesse sentido as vacas amigas são muito mais leais do que os bois. Mas homem adora se mostrar, por isso talvez fique falando de vacas paralelas e não das oficiais, para que todo o grupo pense "ó, como o cara é fodão!"...
Já as vacas não, elas nem ligam de contar a verdade para as verdadeiras amigas, mesmo quando essa verdade não lhe é tão favorável.
Não tem jeito, naturezas diferentes mesmo!
Bjinhos

1 de agosto de 2007 06:08  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

As vacas não tem pudor em expor fraquezas, gostam de rememorar com as vacas amiga os momentos bons, e enaltecem suas características para enaltecer também o boi que mereceu tamanha consideração na berlinda.

O mesmo acontece qdo o bruto acaba por ser deastroso numa performance nada louvável. E não estou apenas falndo do campo sexual.

Mulheres gostam de terapia de grupo entre amigas verdadeiras e leais.

Homens tem medo de que sua parceira fique com fama de "boa de cama" entre seus amigos, para não perder a pose de "Homem Fodão"! Pq no caso se o sexo entre eles é bom, muito provavelmente é pq ele próprio é o "Rei da Transa"!!!!

Bah!

1 de agosto de 2007 08:26  
Blogger DrFox disse...

Bom, pra quem não viu o link pro posto do Wolverine segue:
http://wolverineresponde.blogspot.com/

Acho que as vacas poderiam comentar mais o tópico. Será que estão ruminando enquanto esperam, na expectativa de descobrir nossos secredos? :) Hehehe

Bom, só poso dizer até agora que a visão feminina foi decepcionante, no mínimo superficial demais, esperava bem mais do que essa liberalidade em falar de assuntos reservados.

Por acaso já pensaram que esse ato configura uma traição a confiança depositada pelos respectivos bois.

Logan, concordo com o comportamento dos homens em grandes grupos, isso faz parte do instinto, afinal todo grupo clama por liderança e esse processo que você descreveu em nada difere de um embate de animais pelo domínio do pedaço, para concentrar as atenções.

Grupo é grupo, permite vários tipos de comportamento, até daquele mais tímido que está lá e ao mesmo tempo não está pois não abre a boca, e mesmo assim sente-se parte.

Quanto a falar de problemas, homem pode sim falar com um ou outro amigo mais chegado, mas só se for um problema muito sério, não é o tipo de 'conversinha' que aparece assim do nada.

Se o boi precisa desabafar, ele avisa o amigo que tá numa pior e que precisa trocar umas idéias, exite um ritual pra essas coisas.

A exceção surge quando o cara toma um daqueles porres homéricos, de virar garrafa de whisky na boca até perder a noção e dar o maior vexame. Claro que no dia seguinte uma providencial amnésia ajuda a segurar a onda.

Quanto ao fato da companheira ser 'rodada' criar esse constrangimento, eu discordo. Isso só pode ser verdade para homens inseguros.

Fazendo uma comparação sobre performance, eu nunca achei ruim ter uma ferrari nas mãos, pra poder acelerar até o talo, mas se a vaca em questão tiver performance de fusquinha, eu faço questão de 'tunar', turbinar e fazer o que for possível pra melhorar a situação.

Foda mesmo é a vaca 'morta', daquelas que se deitam nem piscam, a ponto da gente tem que conferir se estão respirando. Acreditem vaquinhas, elas existem.

Voltando ao post da DM, saímos com os amigos pra nos divertir, e quando em bando falamos mesmo muita merda e aproveitamos pra olhar bastante os trazeiros das vacas passantes, é um esporte tão bom quanto futebol.

Bom acho que era isso, sei que tenho essa visão homem-das-cavernas das coisas, mas é isso ai.

Beijos nas vacas, aos bois um aceno de longe já está ótimo.

Bom dia pra todos.

1 de agosto de 2007 09:25  
Blogger Angelina Jolie disse...

Eu, sinceramente, não concordo com esta visão de que mulheres falam sobre sua vida sexual abertamente e os homens não.

Acho que esse é um assunto muito complexo e difere muito dependendo do nível de amizade, da quantidade de pessoas no grupo e mais uma infinidade de fatores, para que a conversa possa chegar ao ponto de se falar da vida íntima.

Acredito sim que os homens não falem da vaca titular como uma forma de proteção, a ela e a si próprio.

E ainda revelo algo a mais sobre o curral: as vacas muitas vezes não falam de sexualidade com as amigas pelo oposto ao caso masculino: não se expor para não ser "falada". Pra que não aconteça da amiga acabar contando pro marido, que vai deixar cair na boca dos homens, ou ainda, outras amigas que vão descer a malha dizendo que a menina é uma devassa.

Pelo menos, por aqui acontece. Talvez por ser nordeste, existir ainda muito preconceito, não sei. O fato é que, não se pode generalizar em se tratando desse assunto.

Também, vejo muitas mulheres que nem sequer falam de seus problemas no relacionamento, simplesmente pra não darem o braço a torcer, de que não é bem um mar de rosas como ela aparenta.

1 de agosto de 2007 09:34  
Blogger Gastón disse...

Não acho que haja a mesmo código de ética que predomina entre amizades masculinas em amizades femininas. Homem não sacaneia o amigo. Se isso acontece, está socialmente destruído. Mas, claro, tudo tem suas exceções.

Sem dúvida são pouquíssimos os amigos homens que tem algum papo mais próximo e aberto. Por isso mesmo tenho muitas amigas mulheres, pra falar esse tipo de coisa é sempre melhor.

1 de agosto de 2007 10:08  
Blogger Fabi disse...

Gente isso tá parecendo papo de bebado.
Não tem como separar e rotular, somos todos seres humanos. Seres únicos. Homens , mulheres todos falam ou mantem segredo quando acham conveniente de alguma forma.

Sem guerra, vamos viver todos em paz.O melhor mesmo é quando não falamos nenhuma sacanagem pros amigos porque fazemos tanta com nosso par que nem dá tempo.

beijo

1 de agosto de 2007 10:12  
Anonymous Beth disse...

Outro tópico controverso por demais para mim e mais uma vez ficarei na berlinda.

Filtrando daqui e dali, posso dizer que no meu circulo de "amigos do bem" ou dos que já passaram e não ficaram, já vi de tudo um pouco. Já vi amiga dar nota ao desempenho do bofe, a outra amiga confirmar a nota, a outra pegar o bofe para dar a nota dela. Mas também ja vi meninos falarem de intimidades de forma baixa, já vi maridos mostrarem fotos da bunda da esposa para a galera e falar que a mulher "trepa" bem, ao mesmo tempo falar que usou do kama sutra para transar com a garota do bairro, mas surpreendentemente vão desabafar sua tristeza conjugal ou emocional no colo dos melhores amigos. Já vi homens chorar, declarar seu amor aos 4 ventos, correr atras de conselhos e ao mesmo tempo falar que pegou fulana ou beltrana. Mas também já vi muita mulher sofrer por amores errados e logo depois colocar um chifre na cabeça do bofe oficial. Já meninas serem cruéis com outra meninas e já vi meninos apaziguarem. Já vi meninos difamarem e meninas consolarem.

"Meninos, eu vi e ouvi"...E por mais que eu fale que lugar de doido é no hospicio e de neuras é no divã...não adianta.

Mas numa média, pelo muito que observo, pelas várias lágrimas, deboches e sarcasmo que já passaram pelo meu colinho e ouvidinhos então tiro o seguinte: você só fala e expõem quem você não ama ou não cria vinculos. Você só defende e preserva quem você ama ou admira. Isso serve para meninos e meninas.

Mas é bom termos nossos clube sempre que precisamos para desabafar - mas toda vez que preciso recorro aos meus meninos. São o termometro natural para meus dilemas existenciais - até mesmo nos meus erros sentimentais (são cruéis nas palavras e não passam a mão na minha cabeça).

Meu comportamento é: não falo de minha intimidade pessoal ou de alcova para ninguém. É algo sagrado para mim. Me sinto mal uns dias toda vez que me exponho muito. Foi por demais complicado me expor em um certo tópico aqui, mas no fundo eu só quis dizer: amiga, não se arrependa das palavras não ditas. Precisei cortar minha carne para dizer isso para ela.
Me fez mal recordar, mas já exorcizei e já enterrei. E sei que é um assunto que faz mal para mim e para ele, pois há muito sofrimento para ambos os lados, toda vez que os olhares se cruzam.

E por hoje chega. Ando enrolada pacas. Beijinhos dessa "novilha" nada corporativista.


PS: Vou dividir uma alegria com vocês. Ontem, na minha segunda aula, tirei os pés do chão no meu treinamento de parapente. Eu gritava para o marcelo (do Return to Innocence) me colocar de volta no lugar. Mas foi bom pacas. Cacete é muito bom voar solo. Eu montei um blog do curso (meu diário de bordo) - tá lá linkado na coluna lateral.
Mas estou feliz pacas.


++++++++ beijos

1 de agosto de 2007 10:26  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

Bethinha!!!!!!
Parabéns menina-passarinha! Tenho muita admiração por quem gosta de altura....

Tenho fobia das brabas!

1 de agosto de 2007 10:39  
Blogger Wolverine Logan disse...

DM e AP
Estou esperando vocês comentarem, o nome do meu post foi "Dialogo com as vacas 2", cadê vocês?

Fabi
Nem é caso de guerra, trocar essas idéias é entrar em contato com a forma que o outro pensa!

Dr Fox
Valeu por divulgar o link

Lady
a expressão "bem rodada" está entre aspas também lá no blog porque é uma transcrição de varias conversas entre homens que já vi, não espelham minha opinião pessoal, alias não tenho nada contra, até já escrevi para AP no msn sou um profundo admirador das mulheres vinte oito e quarenta e poucos anos, quase todas as minhas namoradas já tinham sido casadas e com filhos, não me preocupo com as experiências anteriores da mulher que esteja comigo.Estou com o Balzac quando ele escrever:
''A fisionomia das mulheres só começa a ter significação aos 30 anos. Até essa idade, em seu rosto, os pintores só encontram o rosa e o branco, sorrisos e expressões que repetem o mesmo pensamento, pensamento da juventude e de amor, pensamento uniforme e sem profundeza''.

1 de agosto de 2007 13:50  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

Adoro Balzac!

1 de agosto de 2007 15:16  
Blogger rafael disse...

Acredito que os bois já deixaram registrada a minha opinião sobre o tão discutido tema, e o Wolve escreveu um excelente texto apresentando a pauta principal da reunião do "clube do bolinha". Mas quero deixar dois registros:

1)DM, realmente você partiu de uma "humilde intuição", julgando "ser" apenas o que "parece". E frase como "Verdadeiras Vacas amigas são por certo mais éticas, que verdadeiros bois amigos !" é uma afirmação (mesmo que provocativa, rsrs) muito apressada.

2)O mandamento não cobiçaras a mulher do próximo, não refere-se ao impulso sexual desenfreado dos bois. Antes fosse isso, pois na verdade o significado é algo muito pior. Ele está dizendo que o homem não deve cobiçar a propriedade alheia. Basta ler o texto bíblico (Exodo. 20:17; Deuteronômio 5:21) e constar que a mulher encontra-se colocada no mesmo patamar do escravo, dos animais, e das terras. Por isso, e a questão não é em relação a falta de dominio aos impulsos sexuais!

Enfim, confesso desgostar desse tipo de discussão. Mesmo porque me parece que não estamos dispostos a conhecer o outro; e sim, provar que nossos palpites estão certos. Sejam as vacas, sejam os bois

bjus

1 de agosto de 2007 15:16  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

"Somos todas umas vacas" também é cultura, história e educação religiosa! UHU!

To adorando!
Peace betwin the genders rules!!!

1 de agosto de 2007 15:36  
Blogger Elza disse...

Primeiro de tudo quero dizer que adorei o blog de vcs!!
Muito original!!
E quero deixar meus parabéns pela indicação ao prêmio blog 5 estrelas!
vc merecem o blog é lindo!
Sucesso!
=]

1 de agosto de 2007 17:27  
Blogger Van disse...

Meninas, eu indiquei vocês pro blog 5 estrelas.
Acho que vcs ganham, heim?
Passem lá no Van Filosofia pra pegar o selo e o regulamento.
Beijuca pra vocês.

1 de agosto de 2007 17:48  
Blogger AP disse...

Gente, passei o dia fora e quando volto... eis que a bagunça está formada no meu curral... Minha opnião?

Vamos lá... Acho que homens não comentam intimidades de suas companheiras para preservá-las. Acho até bacana isso. Não ia gostar que meu namorado dissesse pro amigo, ainda que o melhor deles, se sou boa de cama ou não... se eu soubesse, toda vez que olhasse pro cara ia me sentir estranha, como se avaliada, sei lá.

É só um palpite... Acho que as mulheres que comentam de tudo com qualquer amiga têm necessidade de conversar mais com seu parceiro. É aquela danada necessidade feminia de discutir a relação que algumas possuem.

Algumas mulheres falam dos homens delas, sim. Do relacionamento em geral. Queixas, elogios, pequenos segredos. Mas quando o assunto é sexo... só rola com amigas muito amigas. E mesmo assim, às vezes de forma quase velada. EU pelo menos sou assim.

Como algumas meninas que comentaram aqui, eu também tive e tenho muitos amigos, mais do que amigas. Mas tinha sempre as minhas melhores amigas por perto. Certas coisa, só com mulher, mesmo. não me vejo contando para um homem, por mais amigo que seja, que a noite com fulano foi inesquecível porque ele é perfeito pra mim...

1 de agosto de 2007 18:44  
Blogger DM disse...

Só para os bois: Nunca pensei causar tanto impacto sobre o tema, se ofendi alguém por um acaso, EXCUSAS BOVINAS A LOT, é só uma opinião, mas como em tudo na vida, não da para generalizar .... Encarem apenas como uma opinião pessoal, até meio sarcástica ... É que ao longo da vida, vi e ouvi cada coisa de boi, um dia eu conto ... Maiores explicações na resposta lá no Blog do Mutante !!!
Comparem com os comentários das outras vaquinhas que aqui sempre compareçem !!!
Só para vacas:

AP: Essa vaca sumiu hoje ! Deve ser por causa de algum boi, estou te intimando, atendendo a pedidos, a se manifestar sobre o tema !

Van: Você é um doce, obrigada mil vezes pela indicação, mas esse negócio de pegar o selo é com a AP, ainda continuo meio ignorante nessas questões blogísticas. Amei o MUSAK, GENTE DEEM UMA PASSADA NESTE NOVO BLOG DA VAN, PARA DESOPILAR ... IMPERDÍVEL !!!

Elza, ainda não te conheço "bem", passe sempre por aqui para nos visitar e não deixe de postar comentários ...

Meninas velhas conhecidas, Lady, Fabi, Angeline, meu próximo post, é sobre nossa condição feminina "mulheres", Iche...., mas tem boi no meio, vou ver se posto ainda hoje! Meu dia hoje tá um horror, mas to adorando essa MUVUCA BOVINA!!! Se der visito vocês !!!

Beijos em todos e see you !!!!

1 de agosto de 2007 18:52  
Anonymous beth disse...

Ahhhhh
Passei o dia inteiro fora, coloquei o post, cheguei um caco de gente, mas não avisei aqui. Meninas mais uma indicação para vocês para o blog 5 estrelas ..... aliás ... minha indicação foi para vcs e o wolve ... kkkkkkkkkk

Bjs .... ando um caquinho de gente hoje.


PS: Que horas é a parada na sexta-feira?

1 de agosto de 2007 19:16  
Blogger Wolverine Logan disse...

Vaquinhas
primeiro a Lady e depois a AP me questionam lá no blog sobre a expressão "bem rodada", novamente digo não é uma opinião minha e está entre "" por que é uma transcrição de um dialogo recorrente entre homens, é chato, é chulo mas homens conversando entre eles usam este tipo de expressão.

1 de agosto de 2007 19:29  
Blogger rafael disse...

DM
Por favor, não se prive de nos oferecer suas opiniões, principalmente as sarcásticas (que eu considero uma qualidade quando bem usada). E também não veja o "impacto" como algo negativo. Aliás, impactar é extremamente positivo, pois se houve algum gemido, é porque doeu em algum lugar.....

Aliás, nada melhor do que opiniões das vacas, mesmo que pareça não tão acertada, para nós bois avaliarmos como está nossa cotação no mercado reprodutor. rsrs

E o que me atrai a esse espaço é justamente a franqueza das vacas!

Amo vocês por isso

1 de agosto de 2007 23:13  
Blogger Osc@r Luiz disse...

Na na ni na não...
Estou vindo lá do Wolverine e há uma corrente contrária de opiniões...
Um beijo!

4 de agosto de 2007 13:52  
Anonymous Anônimo disse...

I found this site using [url=http://google.com]google.com[/url] And i want to thank you for your work. You have done really very good site. Great work, great site! Thank you!

Sorry for offtopic

13 de novembro de 2009 00:33  
Anonymous Anônimo disse...

Who knows where to download XRumer 5.0 Palladium?
Help, please. All recommend this program to effectively advertise on the Internet, this is the best program!

20 de novembro de 2009 19:37  
Anonymous Anônimo disse...

[url=http://www.bettybrigade.com/]Viagra Generic Online[/url]

14 de fevereiro de 2010 12:35  
Anonymous Anônimo disse...

Helo ! Forex - Outwork чашку кофе успешной получить деньги, достаточно зарегистрироваться forex [url=http://foxfox.ifxworld.com/]forex[/url]

1 de dezembro de 2012 13:06  
Anonymous Anônimo disse...

http://www.site.com - [url=http://www.site.com]site[/url] site
site

9 de março de 2013 04:59  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



 

 

Um olhar feminino sobre o universo... digamos, bovino. Mulheres falando da vida e de outras mulheres.
Mulheres explicando às outras que, querendo ou não, somos todas umas vacas!




A calma alma má
A cor da letra
Adão Braga - Corpo, alma e espírito
Adão Braga - Conectado
Aletômetro
All Racing
Apoio Fraterno
Ansiosa e prematura
Avassaladora
Banana com peperoncino
Bomba MH
By Oscar Luiz
Coisas e tralhas - Mutumutum
Colóquio
Concerto em Dó Menor
Conversas furtadas
Eu sei, mas Esqueci
Eu sou garota?
Fábio Centenaro
Geek Chic
Gothicbox
Hipermoderna
Immortal lust
Instant Karma
Isso é Bossa Nova!
Irmãos Brain
Jornal da Lua
Juarez, o cabrito montês
Limão Expresso
Luz de Luma, yes party!
Jogando Conversa fora
Mas, bah!
Mais atitudes
Matérias repugnantes de um brejo
Melica
Memórias póstumas de um puto prestimoso
Meu cantinho
MOrsa sem pelo
Mulher é tudo bandida
Mulher Remédio
Neuróticos modernos - Filosofia mequetrefe
O estranho mundo de Mila
Oncotô?
Os pensamentos de eu e ela
Paola, a estranha
Papo de buteco
Pensar enlouquece, pense nisso
Pererecas em chamas
Pérolas políticas
Remembrança
Saber é bom demais
Sem frescura
She's like the wind
Sinceros receios
Smile
Sobre sapos, pererecas e afins
Somos todos uns cachorros
Sou para-raio de doido
Uma mente nada brilhante
Van Filosofia
Vertente
Wolverine responde



Fevereiro 2007

Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Dezembro 2009
Março 2010





Powered by Blogger



eXTReMe Tracker