quinta-feira, 5 de julho de 2007

Dilema de uma vaca

Entre as mulheres que conheço há um consenso: homens não gostam de vacas boazinhas. Sempre leva o troféu - o homem, o namorado, o marido, o bofe ou sei lá que nome é dado - aquela que é mais exigente, a quase chata, aquela que pisa, a que ignora e maltrata. Concordam, meninas? Homem gosta de sofrer!!!

Aí me aparece o Rodrigo, no MSN, para conversar. E quem é esse, vocês vão me perguntar... É, pasmem, um leitor daqui do blog. Tá, estou e sentindo uma vaca famosa, sim, rs, rs, rs... Afinal, alguém lê o que eu e minha amiga escrevemos e depois quer conversar comigo sobre o que disse... Adorei! Rô, obrigada pelo inside information do mundo masculino! Ah, e por favor, anime-se a escrever sobre o “pensamento da matilha” e a honra ... Queremos ver seu blog já!

Bom, voltando ao assunto ... O Rodrigo me disse que quem ganha o cara no final não é a mais gostosa ou a mais decotada mas aquela que tem “um jeitinho” especial... Aparentemente, o caminho para conquistar um homem é esse jeitinho... Sabe, aquela mulher que não sai da cabeça de um cara por causa de uma característica só dela que, na falta de outra explicação, ele chama de jeitinho? Putz, e agora? Ser má... ou ter um jeitinho? Que tal ter um jeitinho inesquecível antes e depois virar má? Será que o jeitinho conquista e a maldade mantém? Hein? A vaca aqui está confusa... Que dilema bovino!

Bom, meninas, vamos combinar... Se alguma souber da resposta, conta para as outras... Vou dormir sobre o assunto. Vou pesquisar... Se souber de algo, aviso!

PS1: somos vacas premiadíssimas, eu e a DM... Graças a umas amigas que achamos por aqui... Tentei colocar os selos hoje, mas essa minha conexão anda sacaneando! Anyway... Tô me sentindo!

PS2: Danzinha, voltei pro template original... Muito mais Vacas, querida! Sorry pelo trabalho! Já respondi os memes (os dois...) vou colocar no ar.

11 Comentários:

Blogger DM disse...

Ai AP, mais um dilema Shaeksperiano para as vacas viverem bem com os bois, Ser má ou ter jeitinho ????

Juro, não consigo ser má com boi nenhum, sempre tento compreende-los, entender razões para comportamentos masculinos inusitados, entender a natureza deles ... Jeitinho, lógico que tenho ... Mas as vezes cansa, ter jeito e não ser má ? Estranho não ?

5 de julho de 2007 01:13  
Blogger Mélica disse...

Oiii!
Gostei do post, sobre "gostar de sofrer", creio que não só os homens.. :S
Se bem que tudo na medida certa, não é mesmo!;)
Uma ótima quinta.. beijos!

“Dizem que o que procuramos é um sentido para a vida. Penso que o que procuramos são experiências que nos façam sentir que estamos vivos.”
(J.Campbell)

5 de julho de 2007 06:47  
Anonymous André disse...

Queria primeiro parabenizar as duas meninas ... DM e AP ... parabens pelo blog, adoro os posts e vcs tem umas sacadas geniais !!! Realmente me fazem parar pra pensar ... mas como diz minha sábia avozinha ... " tudo que vem fácil , vai fácil ... e o que é difícil é sempre mais gostoso !!! "
Não precisa ser má ... é só ser dificil !!!
beijocas ...

5 de julho de 2007 10:12  
Blogger The Immature Girl disse...

como foi dito uns posts atrás: homens adoram competir... mas não com a mulher... se o cara vê a a garota é mais inteligente que ele, ele larga fora, pois acha que não vai poder trazer nada de novo pra ela...

5 de julho de 2007 12:13  
Blogger Juliana Melo disse...

Olá...já vim por aqui algumas vezes, mas é a primeira vez q deixo um recadinho. Quero parabenizar pelo blog, pelos divertidos textos e dizer que virei fã do Somos Todas Umas Vacas.
Vc´s são ótimas. Bjos e muito sucesso.

5 de julho de 2007 12:42  
Anonymous Donizetti disse...

A Mélica falou bem, todo mundo gosta de dar uma sofrida... de penar para conquistar alguém, de ser um pouco pisado, mesmo que inconscientemente. Mas, uma maneira simples de ver a coisa, do ponto de vista masculino: homens sentem uma atração absurda pelas vacas más, mas ficam apaixonados mesmo é por essas que têm "o jeitinho". Se puder rolar as duas coisas... Interessante! ;-)

5 de julho de 2007 13:51  
Blogger Thiane disse...

Gente, jeitinho??? Vai saber que jeitinho agrada! Sei lá, perfiro ser eu mesma. Tem cara que só gosta da conquista. Ser difícil atrai um monte desses que quando conquistam caem fora. Bem, jeitinho vai ter que ser o meu mesmo. Porque não dá pra ficar se fazendo de outra coisa, né? Beijocas

5 de julho de 2007 15:36  
Blogger Claudio disse...

Vou comentar no post de cima, visto que as vacas resolveram postar em dupla, abordando o mesmo assunto.

Isso é que eu chamo de sintonia na manada.

bjs

5 de julho de 2007 22:47  
Blogger Eu e Ela disse...

Tem uns que gostam de sofrer mesmo, recentemente ouvi um dizer que para conquista-lo era só não dar o numero do telefone, enquanto esperava uma ligação so pensava na vaquinha, era enlouquecedor não saber se ia ligar.
Muito bom esse post
Beijinhos

6 de julho de 2007 19:57  
Blogger Beth disse...

Na boa? Nem má e nem com jeitinho. Quando o boi se encanta com uma vaquinha ela pode ser má, jeitosinha, burrinha, nerdzinha que não há nada no mundo que o faça deixar de pensar nela. Ela pode dizer: não gosto de você e ele estará apaixonado por ela. É o plus a mais que todos nós temos e que só alguns especiais, ou cafajestes ou nada a ver percebem.
Faz parte ....
E a reciproca é verdadeira.

7 de julho de 2007 14:05  
Blogger AP disse...

Ah, Mélica, conheço tanta vaca que gosta de sofrer... rs

André, vc está certíssimo... Ser difícil é, definitivamente, um dos caminhos, sim. Mas não difícil demais, não é?

Nossa, Immature Girl, você disse tudo! Alguns homem detestam mulheres mais inteligentes. Acho que se sentem diminuídos...

Ju, obrigada!

Encontrar um equilíbrio entre as duas é que é difícil, né, Donizetti?

Thiane, linda, vai saber se você sendo você mesma não tem o jeito que algum cara procura? rs

Eu e ela... é engraçado saber que homens também esperam pelo telefonema no dia seguinte, não é? ahahaha!

Beth, queridíssima...

8 de julho de 2007 15:00  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



 

 

Um olhar feminino sobre o universo... digamos, bovino. Mulheres falando da vida e de outras mulheres.
Mulheres explicando às outras que, querendo ou não, somos todas umas vacas!




A calma alma má
A cor da letra
Adão Braga - Corpo, alma e espírito
Adão Braga - Conectado
Aletômetro
All Racing
Apoio Fraterno
Ansiosa e prematura
Avassaladora
Banana com peperoncino
Bomba MH
By Oscar Luiz
Coisas e tralhas - Mutumutum
Colóquio
Concerto em Dó Menor
Conversas furtadas
Eu sei, mas Esqueci
Eu sou garota?
Fábio Centenaro
Geek Chic
Gothicbox
Hipermoderna
Immortal lust
Instant Karma
Isso é Bossa Nova!
Irmãos Brain
Jornal da Lua
Juarez, o cabrito montês
Limão Expresso
Luz de Luma, yes party!
Jogando Conversa fora
Mas, bah!
Mais atitudes
Matérias repugnantes de um brejo
Melica
Memórias póstumas de um puto prestimoso
Meu cantinho
MOrsa sem pelo
Mulher é tudo bandida
Mulher Remédio
Neuróticos modernos - Filosofia mequetrefe
O estranho mundo de Mila
Oncotô?
Os pensamentos de eu e ela
Paola, a estranha
Papo de buteco
Pensar enlouquece, pense nisso
Pererecas em chamas
Pérolas políticas
Remembrança
Saber é bom demais
Sem frescura
She's like the wind
Sinceros receios
Smile
Sobre sapos, pererecas e afins
Somos todos uns cachorros
Sou para-raio de doido
Uma mente nada brilhante
Van Filosofia
Vertente
Wolverine responde



Fevereiro 2007

Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Dezembro 2009
Março 2010





Powered by Blogger



eXTReMe Tracker