terça-feira, 17 de julho de 2007

SERÁ QUE AS VACAS GOSTAM MESMO DE BOIS "CAFAJESTES" ?

O tema não é novo, pois é inegável, existir uma certa “LENDA” de que vacas se sentem mais atraídas por bois desta inusitada sub-espécie bovina vulgarmente conhecida por “cafajestes”, muito mais do que por bois, tidos como aparentemente “certinhos”! Mas devo advertir: Isso só no início, pois nenhuma vaca “normal” em tempos de igualdade de sexos, suportaria , viver e conviver com um cara desses, por muito tempo.

A citada “lenda”, quando transportada para a vida real, de fato, tem lá suas pinceladas de veracidade, uma vez que “bois-cafajestes”, exercem de fato um fascínio inexplicável sobre as vacas, por se mostrarem sedutores a estas, a princípio pelo “modus vivendi” despojado que levam, pelo excesso de “malandragem” e “esperteza” de que aparentemente se revestem, bem como por seu “sex-appeal”. Nenhuma vaca que conheço, se mostra insensível por certo, a um parceiro bovino do sexo-oposto, que tenha a cara estampada de um verdadeiro “sem-vergonha”! Ídolos do cinema e da TV, dão um exemplo bem acurado, da fascinação que tal espécie bovina exerce sobre as vacas, sem entrar no mérito da questão de que o cara se trata de um bom ator ou não! Exemplo clássico: O Johnny Depp com aquela cara de cafajeste e trapaceiro, está aí a arrancar inúmeros suspiros bovinos femininos. A grande maioria das vacas, que conheço, já foram por certo assistir aos Piratas do Caribe, em sua terceira edição, sob o manto da desculpa esfarrapada: Ora, levar os bezerros, para assistir a um filme de ação de piratas e bucaneros! Mas no fundo, no fundo, foram elas “arrastadas” ao cinema justamente para ver um legítimo bovino da classe “cafajeste" em ação, que mesmo sujo, escabelado com dentes de ouro e argolas nas orelhas, irradia de forma despretensiosa ou não, inegável sedução sobre as vacas!

As razões para o tal fascínio das vacas pelos “bois-cafajestes”, segundo li recentemente e um livro muito bem humorado de crônicas intitulado “MULHERES” de autoria de um novato, mas não menos talentoso escritor gaúcho, Sr. David Coimbra, cuja leitura desde já, recomendo, (Aliás, o cara deveria estar aqui nas Vacas), se devem a duas questões básicas, talvez até de natureza antropológica:

Primeiro: Bois-cafajestes pelo jeito moleque e irresponsável com que encaram a vida, despertam nas vacas o seu inerente instinto maternal , levando-as ainda que forma inconsciente a tentar educar e corrigir o “cara”, como se fosse um menino ...

Segundo: Bois-cafajestes, por viverem aparentemente rodeados de vacas, despertam nas mesmas, aquele desejo inconsciente de competição, e a vaca que se sentiu vencedora, premiada e agraciada com atenção então despertada no tal boi-cafajeste se sente consequentemente hierarquicamente superior as outras colegas de rebanho!

Apesar do enfoque, absolutamente machista dado pelo citado autor (característica peculiar dos gaúchos) as razões apontadas pelo mesmo, ainda que risíveis até que parecem ter sua razão de ser!
Mas como já fui casada com um bovino dessa espécie, me sinto na obrigação de advertir as colegas de rebanho, sobre as contra-indicações dessa sub-espécie bovina, depois de passada a “euforia” e a aparente supremacia da Vaca envolvida com um cara desses, sobre as outras .

BOVINOS CAFAJESTES, devem ser encarados sempre, como bezerros que não crescem, que não amadurecem, que nunca se tornarão responsáveis para qualquer coisa ou empreendimento que se pretenda junto a eles. Eu diria, que são legítimos PETER-PANS bovinos. Se a VACA DA MÃE deles não conseguiu transformá-los em verdadeiros BOIS E TOUROS, não é você, uma simples vaca desavisada que de uma hora para outra, conseguirá tal intento.

PORTANTO, queridas colegas, se apaixonar por um boi desses, e/ou tentar institucionalizar um curral com eles, é "correr risco de vida", é se permitir inadvertidamente a muitas incomodações futuras, em todas as áreas!

Nessas condições o MINISTÉRIO DA SAÚDE DE TODAS SOMOS UMAS VACAS ADVERTE:
Bovinos cafajestes, apesar da aparência e da sedução que os envolvem, são terminantemente prejudiciais à saúde das vacas, mas que são “bonitinhos” e eventualmente divertidos, a isso são mesmo!

27 Comentários:

Blogger AP disse...

Querida vaca,

A bezerra aqui gosta de homens com aparência de cafajestes apenas para olhar. E apenas se forem bonitos...

Na verdade, gosto mesmo é de homem certinho. Adoro! Cabelo curtinho. Camisa pra dentro da calça. De uniforme, então? Ai, pára! Claro, meu pai era militar, Freud explica.

Outra, se eu já tenho um filho que dá um trabalho do caramba, pra que eu ia arrumar outro...

Mas sim, tem mulher que gosta de cafageste, sim... Vai entender porquê. Enfim... Gosto não se discute, né?

Beijos!

17 de julho de 2007 16:25  
Blogger Fabi disse...

Cafajeste, to fora
Não tô na vida pra sofrer.
Mas tambem, nao gosto de muito certinho, esses normalmente são filhinhos da mamae.
Ana, camisa pra dentro da calça? Pelo amor de Deus. Que troço brega amiga. Ainda bem que temos gostos diferentes.
bj DM e AP

17 de julho de 2007 17:06  
Blogger AP disse...

Ah, camisa pra dentro da calça é brega? rs rs rs

O que eu quis dizer é arrumadinho, não brega... Sabe, né?

Viva a diferença! rs

17 de julho de 2007 17:16  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

Meninas...e não é q é verdade?

Temos com certeza essa coisa louca de querer ficar com o boi "Todo-Prosa" que geralmente é o cafajetão né?

Mas acho q eu me encontro numa fase de me apaixonar por bois-humoristas..que me fazem rir de verdade!

To mais madura ou é mais uma fase da minha doença incuravel?

Beijos e vcs continuam mandando muito bem...

17 de julho de 2007 17:45  
Blogger Eu e Ela disse...

Não se por tido um pai-boi cafajeste e que sempre me alertou deste tipo, não sou fã, até gosto pra levantar o ego vez ou outra e só, to fora, do estilo Jack Sparrow? não fui ver o filme, não gosto dele, deixei esta parte apenas para o boi e a bezerrada.

Fujo de encrenca embora ela corra atras de mim, hahahahahahahahaha.

A maioria das mulheres acham que amor tem haver com dor so porque rima......
Realmente vai entender.......

E a camisa dentro da calça depende da camisa e da calça né?......

Beijos

17 de julho de 2007 19:36  
Blogger AP disse...

Eu e Ela: Isso! Obrigada!!! Você me entende! rs
E concordo, amor com dor só em rima, mesmo... Chega, já tive minha cota!

1a. Lady Newton: Ah, que delícia os homens que nos fazem rir... Posso dizer, vc está madura e doce!

Beijos, meninas!

17 de julho de 2007 19:40  
Blogger AP disse...

Ai, agora que vi que digitei cafajeste com g, ahahaha! Isso é que dá fazer quinhentas coisas ao mesmo tempo...

17 de julho de 2007 20:08  
Blogger Wolverine Logan disse...

Estou eu aqui novamente me metendo em assuntos bovinos, mas é que não dá pra ficar só olhando então lá vai.
Acredito que as mulheres (digo VACAS) gostem sim do tipo cafajeste, o que elas não é de cafajestagens, você coloca muito bem os o que há de mais atrativo para as mulheres nos típicos cafajestes “modus vivendi”, “malandragem”, “esperteza” e “sex-appeal”, só que essas mesma características não são as mais desejáveis quando o assunto é dividir o curral. Quanto as duas "questões básicas" relativas ao livro do David Coimbra, concordo inteiramente com a segunda questão a competição parece ser um ótimo estímulo para as mulheres (leia-se VACAS), mas devo discordar da questão 1, não acho que o cafajeste desperte exatamente o instinto maternal, ou pelo menos não mais que outro tipo seja ele o certinho, carente ou tímido, de todos talvez seja o que menos vai desperta-lo. Este homem (Touro) tão sem amarras, que parece livre e seguro, sedutor, amante viril, que poderia estar em qualquer lugar com quantas outras Vacas quisesse, escolher abrir mão de tudo por amor e dedicação a uma apenas pode parecer uma ideia mais sedutora para muitas mulheres que um garoto que mal direcionado pela mãe precisa agora ser educado e corrigido.

18 de julho de 2007 05:27  
Blogger Sir DoRego disse...

acho que não pois eu nao sou assim um "boi cafajeste" e tenho uma grande e linda "vaca" ao meu lado...que só me dá a certeza de que não é necessário ser cafajeste...nem passar perto disso...há que ser companheiro...sempre...por mais "piegas" possa parecer...ser cafajeste talvez entre quatro paredes...mas fora isso há que ser companheiro...

18 de julho de 2007 06:49  
Blogger DM disse...

Prezados Sir e Wolwerine !

Ufa, que alívio, ainda bem que vocês não fazem parte, dessa espécie nefasta e devastadora de bovinos!
Cafajeste, como bem colocou o Sir, só entre quatro paredes, e com a vaca elegida ...

Meninas: Como bem disse a AP, amor sem dor, é o melhor caminho, e bois engraçados e bem humorados, são um bálsamo !!!!

Beijos em todos!

PS: Gente to passada, com o acidente da TAM ... Adivinhem o número de meu vôo de meu retorno a SP, na próxima segunda: JJJ 3054, o mesmo do acidente ! Me sinto estranha ...

18 de julho de 2007 09:35  
Blogger Osc@r Luiz disse...

Acho que são lendas da bovinocultura...
Em todo caso, cada caso é um caso...
Sei lá...
Muuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!

Beijos!

18 de julho de 2007 10:29  
Blogger Van disse...

Meninas, queridas........
Tô fora desse tipo de boi!
É perda de tempo e falta total de conteúdo.
Boi que é boi de verdade não precisa disso!
E tenho dito!
Beijucas

E AP, não precisa repetir o meme não querida. Eu vou lá ver o que vc já respondeu, tá, amore?

DM - Mesma coisa pra ti, querida!

Adoro vocês, viu?

18 de julho de 2007 13:18  
Blogger DrFox disse...

Gostei do post, mas fiquei intrigado com o foco constante em querer explicar nós BOIS. :)

Acho que o fator de atração vem como disse o Wolverine, está na energia masculina, que transmite confiança e segurança.

Me espanta que VACAS tão vividas, ainda estejam presas ao estereótipo de que nós BOIS somos planos.

Tudo depende em qual fase da vida o BOI se encontra.

Temos a fase 'cafa-total', outras 'semi-cafa' e as vezes uma 'low-cafa'.

O que não existe mesmo é homem 'cafa-free'.

Garanto, seria chato demais!

No mais, mulher gosta mesmo é de BOIS que as façam sorrir, sentir-se belas, amadas e confiantes. Se no pacote vem um 'sex+', ótimo e se ainda assim vier com o módulo 'coração quente', melhor ainda.

[]'s de marte :)

18 de julho de 2007 13:45  
Blogger AP disse...

DM, querida, não respondeu meu e-mail, tava apavorada pra ter certeza de que vc não estava lá ou saber se tinha algum conhecido seu no vôo... Que coisa, né? Triste... Fiquei pensando que decolei e pousei ali muitas e muitas vezes nos sete anos que morei em Sampa... Me senti estranha também!

Quanto aos comentários: Wolverine, e Dr. Fox, não gosto de cafajestes, não...

Wolverine, competição? só é legal quando eu venço! rs! Só entro quando sei que posso vencer. Competir por homem? Não, se eu puder escolher... Quanto a cafajestes despertarem o instinto maternal... Não sei... Parece papo de mulher que não teve filho! Suas intromissões serão sempre bem-vindas!

Sir, que piegas, que nada!

Oscar, "lendas da bovinocultura"??? Adorei!

Van, querida, é um post que está lá embaixo... Adoro vc também!

Dr. Fox... Nossa insistência em explicar os homens deve-se ao fato de vocês não virem com manual de intruções... Não é que expliquemos, apenas estamos dividindo conhecimento, mostrando o "caminho das pedras" para as companheiras de rebanho! rs rs rs
Agora, mais explicativo que "Temos a fase 'cafa-total', outras 'semi-cafa' e as vezes uma 'low-cafa'. O que não existe mesmo é homem 'cafa-free'"? Muito bom, adorei!

Gente, estou na maior correria hoje... Um beijão para todos!

18 de julho de 2007 18:49  
Blogger Fabi disse...

Meninas, esse meninos postando são umas fofuras. Tão perfeitinhos.

Wolverine, vc existe querido? É hetero? Vou me apaixonar por vc escrevendo assim.

Sir dorego, quero um boi como vc.Que valoriza a vaca q tem.

Oscar querido vc é um cafajeste dedicado, ja percebi.

Dr Fox, o dia que desistirmos de entender vcs, vcs vão ficar muito tristes.

18 de julho de 2007 20:42  
Blogger AP disse...

É, né, Fabi? Uns fofos...

18 de julho de 2007 20:54  
Blogger Dahi disse...

Bovinos cafajestes, apesar da aparência e da sedução que os envolvem, são terminantemente prejudiciais à saúde das vacas, mas que são “bonitinhos” e eventualmente divertidos, a isso são mesmo!



Verdade!
rsrsrsrsrsrs


Bjos!
Mto bom o texto...
=]

18 de julho de 2007 23:28  
Blogger AP disse...

Sim, vamos lançar a versão feminina do "essa é pra casar!": nos divertiremos com os cafajestes, casamos com os outros!!! rs!

19 de julho de 2007 08:46  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

O difícil, pelo menos no meu caso é manter a distancia SEGURA dos cafajestes quando estou *tentando me divertir* com eles...

Sempre acabo me apegando mais do que o necessário. Mas acho q estou aprendendo: Se o cafa não for um cafa dos bons, eu peço pra ele deixar o palco e bato palminhas... rs*

19 de julho de 2007 09:00  
Blogger DM disse...

Meninos e Meninas! Que comentários
prá lá de adoráveis, que belo ensaio, tratado sobre bois-cafajestes. Certamente, homens, não vem com Manual de Instruções, por isso nessa salutar troca de idéias, vocês aprendem com a gente, a gente com vocês ... Concordo com as meninas, BOIS-CAFAJESTES, só prá se divertir, assim como vocês o fazem com as aqui catalogadas vacas fáceis ou vagabas ... O problema é se apaixonar por um boi-desses ... porque eles invevitavelmente são "bonitinhos" , e convenhamos isso ajuda muito na cafajestiçe!
Portanto, cuidado vacas, só as maduras e um pouco experientes, sem falar nas cow-powers, em meu modo de ver, estão a salvo !!!

19 de julho de 2007 11:36  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

Gente....

Como diria a Regina Duarte num extinto comercial: EU TENHO MEDO!

Bois-Cafa:KEEP AWAY

19 de julho de 2007 11:57  
Blogger Thiane disse...

Adorei: se nem a vaca da mãe deles conseguiu dar-lhes bom senso, quem somos nós, né? Beijos

20 de julho de 2007 01:24  
Blogger Beth disse...

Bois cafajestes são aqueles que te olham nos olhos, sorriem com o canto da boca, passam a mão no cabelo, falam besteira ao telefone e ainda diz: vem cá minha nega?
ahhhhhhh
eu adoro !!!!!

mas também adoro um mauricinho, de terno, gravata, bem cheirosinho, elegante ... mas se tive o olhar 43, o sorriso no canto da boca e que passa a mão no cabelo lindamente, ainda fala besteira ao telefone e me chama de gostosa .... ahhhhhhhh eu adoro !!!

Ninguém é perfeito. Mas que são bonitinhos ahhhhhhh isso eles são.

20 de julho de 2007 22:40  
Blogger Sir DoRego disse...

Isso aqui tá cada vez mais interessante....vcs realmente..como bem disse antes bendita aquela cerveja...bendita aquela cerveja..que vcs tomaram...
saudações e daqui a pouco vão estar com um programa no GNT tenho quase certeza o nome pode ser: "Somos todas umas vacas entrevista"

21 de julho de 2007 07:02  
Blogger AP disse...

Sir, que os anjos digam amém às suas palavras! rs

Meninas... acho que eles é que devem ter medos de nós... quanto cow power! rs rs rs

21 de julho de 2007 14:06  
Blogger Heliarly disse...

Meu Deus que título! Ótimo!


Bom, o que eu realmente acho é que os cafajestes as atraem, se elas gostam ou não não posso generalizar... um abs, foi um prazer visita-la

23 de julho de 2007 09:07  
Blogger AP disse...

É, Heliarly, a gente, no calor da discussão, dá uma generalizada, por aqui... Obrigada e volte sempre!

23 de julho de 2007 09:21  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



 

 

Um olhar feminino sobre o universo... digamos, bovino. Mulheres falando da vida e de outras mulheres.
Mulheres explicando às outras que, querendo ou não, somos todas umas vacas!




A calma alma má
A cor da letra
Adão Braga - Corpo, alma e espírito
Adão Braga - Conectado
Aletômetro
All Racing
Apoio Fraterno
Ansiosa e prematura
Avassaladora
Banana com peperoncino
Bomba MH
By Oscar Luiz
Coisas e tralhas - Mutumutum
Colóquio
Concerto em Dó Menor
Conversas furtadas
Eu sei, mas Esqueci
Eu sou garota?
Fábio Centenaro
Geek Chic
Gothicbox
Hipermoderna
Immortal lust
Instant Karma
Isso é Bossa Nova!
Irmãos Brain
Jornal da Lua
Juarez, o cabrito montês
Limão Expresso
Luz de Luma, yes party!
Jogando Conversa fora
Mas, bah!
Mais atitudes
Matérias repugnantes de um brejo
Melica
Memórias póstumas de um puto prestimoso
Meu cantinho
MOrsa sem pelo
Mulher é tudo bandida
Mulher Remédio
Neuróticos modernos - Filosofia mequetrefe
O estranho mundo de Mila
Oncotô?
Os pensamentos de eu e ela
Paola, a estranha
Papo de buteco
Pensar enlouquece, pense nisso
Pererecas em chamas
Pérolas políticas
Remembrança
Saber é bom demais
Sem frescura
She's like the wind
Sinceros receios
Smile
Sobre sapos, pererecas e afins
Somos todos uns cachorros
Sou para-raio de doido
Uma mente nada brilhante
Van Filosofia
Vertente
Wolverine responde



Fevereiro 2007

Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Dezembro 2009
Março 2010





Powered by Blogger



eXTReMe Tracker