quinta-feira, 5 de julho de 2007

VACAS BOAZINHAS OU VACAS JEITOSINHAS ?


ooOVACAS BOAZINAS OU VACAS JEITOSINHAS
(O novo dilema bovino feminino)

Gente, ia postar hoje, um texto sobre assunto absolutamente distinto deste, mas como “boa” vaca que não contive diante do último "post! da minha querida vizinha e amiga “blogueira” deste curral ...

Pelo o que entendi, daquele texto, parece existir uma unanimidade bovina feminina de que BOIS de um modo geral, NÃO APRECIAM VACAS tidas como “BOAZINHAS” ! Sou inclinada até fazer parte dessa mencionada unanimidade, desde que esclarecido e bem, o que venha a ser considerada uma VACA BOAZINHA. Para começar, odeio diminutivos, e se alguma vaca se auto-intitular de “inha” em alguma coisa, já não agüento, me soa como algo que beira infantilidade. Antagonicamente ao diminutivo, por certo ao invés das BOAZINHAS, BOIS talvez preferiram mesmo as VACAS BOAZUDAS (Aqui sim, já vislumbro uma certa unanimidade bovina masculina), sejam elas boas ou más!

Mas voltando às BOAZINHAS propriamente ditas, o que é ser uma vaca “BOAZINHA”? Seria esta uma vaca pacata, tranqüilona, que não gosta de brigar, nem de divergir muito dos bovinos, que procura sempre o equilíbrio quando partícipe de uma relação bovina, ao invés de partir de cara para um discussão na tentativa de fazer sempre valer sua própria opinião. Ou será esta simplesmente “uma vaca boa”, ou uma “boa vaca”, como preferirem, na verdadeira acepção da palavra, desprovida de maldade, que não mente, que não traí, que é fiel, leal, amiga e companheira, na saúde ou na doença, na bonança e na fartura, e até mesmo nos períodos de precariedade financeira do curral. Me, desculpem, bovinos, mas se vocês não apreciam uma vaca dessas, estão a merecer com louvor, os “CHIFRES” que carregam ou um dia ainda vão carregar na cabeça !

A banalizada, expressão “HOMENS NÃO GOSTAM DE VACAS BOAZINHAS”, já vem batizada de um certo ressentimento bovino feminino, porque de fato, a gente assiste diariamente e/ou as vezes sente no próprio “couro”, bois trocarem vacas tidas como BOAZINHAS, por outras NEM TÃO BOAZINHAS ASSIM, que não valem nem um corte do traseiro de uma VACA, detentora das características acima elencadas.

De fato, BOIS-MACHOS parecem às vezes se mostrarem meio masoquistas na questão, o que pode ser atribuido talvez, aquela questão meio-primitiva e ancestral de gostarem de experimentar e provar todo o tipo de bovina que apareça pela frente.

Mas nesse mesmo diapasão, - ICONVENHAMOS BOVINAS - vejo também tanta VACA-BOA, emparelhada com cada BOI-DESCLASSIFICADO, de dar dó! Mas certamente, esses são casos patológicos e até comuns a qualquer rebanho ... Ambos os casos, são de despertar a mais pura compaixão.Mas uma coisa certa, todo mundo acaba levando um “chifre” aqui e ali até encontrar o BOI ou a VACA certa ao seu gosto e padrão. Por isso, não se contagiem que esses “malvados” companheiros de rebanho, que sempre parecem se dar bem, esses invariavelmente acabam “tropeçando” na própria maldade ...

QUANTO AO JEITINHO BOVINO:

Toda a vaca ou boi, que estão por aí soltos, a pastar nesse curral universal, certamente tem o seu “jeitinho” próprio de ser, que poderá se mostrar sedutor ou não aos olhos dos outros companheiros de rebanho ... Eu por exemplo, não gosto de bovinos que possuam uma beleza óbvia demais, já outras vacas se sentem só atraídas por “belos-bovinos” (Tudo bem, às vezes me contradigo – os bovinos “Brad Pitt” e “Gianechinni”, por exemplo são clássicos bovinos detentores de belezas óbvias e os aprecio para olhar) Mas não sei se me relacionaria com algum, muita concorrência, muita incomodação, egos, certamente inflados demais! Não sei se teria paciência para tanto!

Mas o que eu queria dizer mesmo, é que o tal “jeitinho”, nada mais é do que o charme pessoal de cada um, o seu “ cow-power” próprio de atração, e isso BOVINOS. Esse, cada um tem o seu, só que precisam saber usar !





7 Comentários:

Blogger Claudio disse...

Eu acredito que as vacas boazinhas realmente não levam vantagem na competição pelos machos no pasto. Acho a vaca boazinha e muito sem sal e carne sem sal e de lascar.

Claro que as vacas tetudas, boazinhas ou não, também atraem os chifrudos, mas isso é só para diversão. Aquela vaca que a gente quer ter pra sempre no nosso cural, não precisa ser bozuda, mas fundamentalmente não pode ser uma vaquinha boazinha.

Quem gosta de vaquinha de presépio é Rei Mago, tá?

bjs

5 de julho de 2007 22:46  
Anonymous André disse...

Nem todos os bois olham só pra vacas boas ( se é que me entende ... ) Cada vaca tem seu charme ... é só encontrar um boi que combine com o seu ... o "cow-power" foi ótimo !!! hehehe ...

beijocas ...

6 de julho de 2007 08:46  
Blogger Beth disse...

É ... cada um tem sua forma de abanar o rabo de um jeito especial. No stress. Sem essa de ser boazinha ou má. Um amigo que viajou recente comigo me disse que adora mulheres bonitas, mas só para olhar, a grande paixão da vida dele era baixinha, sem graça e dentuçinha. Mas era a grande paixão da vida dele...e dai? É o plus a mais. Todos temos esse encanto que independe de peito, bunda, celulite ou vacas e bois. Quando se gosta de verdade, não há o pq olhar para os lados, ama-se e é feliz...sem segredos, ou armadilhas.

7 de julho de 2007 14:10  
Blogger Maria Fernanda disse...

Olá, adorei conhecer seu blog... Sou amiga do Oscar.
beijos
Parabéns.

7 de julho de 2007 15:30  
Blogger AP disse...

Amiga querida... Fiquei com a impressão que você deu uma interpretação diferente para as minhas palavras! rs

Beijos, estou com saudades!

8 de julho de 2007 14:50  
Blogger DM disse...

Querida, somos "uníssonas", jurídicamente falando, para vários assuntos, ou seja pensamos muitas vezes igual sobre as mesmas coisas ... Mas para outras, pensamos diferentes ... E essa diversidade na maneira de externar as coisas, e/ou mesmo de pensar, é muito enriquecedora .... De fato minha interpretação foi um pouquinho diferente sobre o tema, mas qual o problema nisso ??? Coisas singulares de vacas !!!

Beijos

8 de julho de 2007 22:59  
Blogger AP disse...

Problema? Ixi, amiga, quem falou em problemas? rs

Se bem que... Deixe-me consultar meus advogados, ahahaha!

Beijos, relaxa, não foi reclamação. Boa semana! Ah, please, responde meu e-mail. Por e-mail!!!

8 de julho de 2007 23:17  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



 

 

Um olhar feminino sobre o universo... digamos, bovino. Mulheres falando da vida e de outras mulheres.
Mulheres explicando às outras que, querendo ou não, somos todas umas vacas!




A calma alma má
A cor da letra
Adão Braga - Corpo, alma e espírito
Adão Braga - Conectado
Aletômetro
All Racing
Apoio Fraterno
Ansiosa e prematura
Avassaladora
Banana com peperoncino
Bomba MH
By Oscar Luiz
Coisas e tralhas - Mutumutum
Colóquio
Concerto em Dó Menor
Conversas furtadas
Eu sei, mas Esqueci
Eu sou garota?
Fábio Centenaro
Geek Chic
Gothicbox
Hipermoderna
Immortal lust
Instant Karma
Isso é Bossa Nova!
Irmãos Brain
Jornal da Lua
Juarez, o cabrito montês
Limão Expresso
Luz de Luma, yes party!
Jogando Conversa fora
Mas, bah!
Mais atitudes
Matérias repugnantes de um brejo
Melica
Memórias póstumas de um puto prestimoso
Meu cantinho
MOrsa sem pelo
Mulher é tudo bandida
Mulher Remédio
Neuróticos modernos - Filosofia mequetrefe
O estranho mundo de Mila
Oncotô?
Os pensamentos de eu e ela
Paola, a estranha
Papo de buteco
Pensar enlouquece, pense nisso
Pererecas em chamas
Pérolas políticas
Remembrança
Saber é bom demais
Sem frescura
She's like the wind
Sinceros receios
Smile
Sobre sapos, pererecas e afins
Somos todos uns cachorros
Sou para-raio de doido
Uma mente nada brilhante
Van Filosofia
Vertente
Wolverine responde



Fevereiro 2007

Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Dezembro 2009
Março 2010





Powered by Blogger



eXTReMe Tracker