segunda-feira, 13 de agosto de 2007

Cantou ou não cantou?

Querida vaquinha, você me pergunta como distinguir um elogio desinteressado de uma cantada... Não há como. Pelo menos não consigo fazer isso só analisando as palavras. Você precisa levar em consideração o cara que está falando, o contexto, o passado... Ih, depois dizem que para ser mulher não precisa pensar, hein? Eu acho que não existe elogio desinteressado. Sabe aquela história de que não há almoço de graça? É bem por aí. Se o cara te elogiou, queria alguma coisa de você. Mas não necessariamente ficar com você.

Cantada é uma coisa engraçada. toda mulher gosta de levar, embora poucas o admitam. Tem umas que se fazer de ofendidas:

 -Imagina, menina, que ele teve a ousadia de me dizer que eu era a nora que a mamãe pediu pra Deus... Que idiota! Brega!- Mas se o idiota-brega em questão não se pronunciasse sobre a beleza da moça, os xingamentos poderiam ser piores...

Claro, há umas cantadas que são, hum, digamos, folclóricas... Outras mais sutis e inteligentes. Do popular "gostosa" até o "bombonzinho que está fora da caixa", o repertório é vastíssimo e por vezes engraçado. Só teve um tipo de cantada que não topei numa boa. Foi as que eu levei quando estava grávida. Essas eu achei meio doentias, meio "Freud explica".

Mas, na minha modesta opinião, você deve relaxar. Para de analisar. Receber elogios é sempre bom. Eu adoro e você deve adorar também. Se eles forem verdadeiros, melhor ainda.

Blogged with Flock


38 Comentários:

Anonymous 1ª Lady Newton disse...

Adoro cantadinhas e elogios "desinteressados" que de "seinteressados" não tem nada, né?

Uma vez eu tava no metrô e tinha um estudante lendo um livro na minha frente. Ele lia e anotava coicinhas no livro com um marca-texto! Até q escreveu uma coisa no marca página e mostrou pra mim: OI GATINHA!
Comecei a rir e ele disse: ELA RI!
Nem preciso dizer q fomos papeando até a estação q ele decia, e somos amigos até hj!

Doideras a parte, tem amiga minha q teria ignorado ou dado uma jogada de cabelo. Eu não. Achei original! Mesmo o "gatchinho" em questão não sendo assim tão bonitinho! Gente bonissima!

13 de agosto de 2007 11:20  
Blogger Fabi disse...

Lady, uma cantadinha assim é uma delicia. Pior sao aqueles caras horrendos e com pochete na cintura por cima da camisa te chamando de gostosa. Fala serio, o cara nao sabe nem se vestir, quer me cantar.

bjk

13 de agosto de 2007 11:28  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

Fabi: Tava lendo seu post sobre os homens se vestirem de forma INADEQUADA... Aqui em SP esta coisa da pochete não tem. Mas tem mocassim de franja com bermuda safari e Pólo! O celular vai o bolso da pólo! LUXO, elegancia e malemolencia! Muita cintura de mola!

Lembrei uma vez q um cara chegou em mim e disse: Oi, tudo bem! Sou aDEvogado!(tinha q ser)

Olhei pra ele e disse: Tua mãe deve ter orgulho. Mas por acaso eu tenho cara de quem precisa de aDEvogado?

O besta q era amigo de um amigo ficou todo ofendidinho! Vem botar banca e depois não quer ironia?

Tecatá né?

13 de agosto de 2007 11:46  
Blogger DM disse...

Queridas! Quanta ingenuidade, elogio desinteressada de bois? Acho que não existe, a menos que o cara não seja tão boi assim... Pois se você der a letra... Certamente haverá um retorno !

Cantadas? Mente a vaca que disser que não gosta, OK, existem as espirituosas, a grosseiras, as bregas, mas todas elas sem exceção elevam a auto-estima de vaca ! Admitam... E também não interessa muito de quem venha, sempre é produtivo para melhorar nossa auto-crítica ... Por exemplo, se o cara da obra me chama de gostosa, traduzo assim : Estou gorda, ou com uns quilinhos a mais !

Se o homem de pochete brega me olhou de cima abaixo ? Certamente fugiria, mas se chamei a atenção do brega (tamanha pretensão), posso muito bem chamar a atenção dos outros, e por aí vai .... O que não pode é uma vaca "passar em branco" .... Aí as coisas podem complicar ....

Beijos

13 de agosto de 2007 13:17  
Anonymous Adão Braga disse...

Carapuça!!!

Longe de mim dar cantadas sem a devida intimidade... sou de elogiar, não consigo ver uma mulher bonita e as vezes sem beleza para tanto, mas, quando há algum brilho, algo que merece ser elogiado, vou lá na cara dura e elogio.

Certo dia, uma cliente, me rebateu dizendo:

- Você já reparou se sua esposa tá bonita hoje?

Nem precisei respondê-la... três colegas da empresa vieram em minha defesa. Ela desculpou-se e ficamos todos bem...

Fiquem sabendo... elogio sempre, e repito para aquelas que as vezes insistem em não olhar:

- Se não olhar é feia, se não me sorrir é banguela...

Uma cantada... é uma outra situação...

13 de agosto de 2007 13:22  
Blogger Ricardo Rayol disse...

Nada melhor para o ego do que um elogio bem colocado.

13 de agosto de 2007 13:37  
Blogger Wolverine Logan disse...

Qualquer adulto saudavel saca quando um elogio tem um fundo mesmo que discreto de interesse, se não tem interesse fica na cara mas se ficou em duvida certamente era uma cantada discreta mas uma cantada.

13 de agosto de 2007 13:42  
Blogger Ana Paula disse...

Lady, SP tem desses de mocassim, sim. Eu me lembro muito bem!
A-do-rei o tecatá! rs

DM, não é ingenuidade dela, não. É insegurança. E presta atenção, nem sempre homem elogia ou canta porque quer "pegar" a mulher. Às vezes é hábito. Às vezes é para conseguir outro tipo de favor, não necessariamente o sexual.
Também não acho que peão só goste de mulher acima do peso... Deixa de besteira. Vc nunca está gorda.

Agora, meninas, não dá para escolher de quem vem o elogio. Apenas aceitem! rs

Adão, Adão, deixa a Kátia saber disso!

Ricardo, concordo em gênero, número e grau.

Wol, o problema é que nem sempre somos adultos saudáveis, os que cantam e os que são cantados...

13 de agosto de 2007 14:41  
Anonymous Adao Braga disse...

AP,

Ela sabe AP, ela Sabe! E não só sabe, como vez ou outra faz algumas ressalvas, no entanto, temos todos os direitos assegurados na legislação; liberdade de expressão, de ir e vir...

Tenha certeza de que quando digo para alguma mulher:

- Voce é uma linda mulher;
- Seu cabelo assim, de ruivo ficou show;

Ah! Ela é fascinada em negros, e quando passa um na rua, ela até me chama e diz:

- Oia sua perdição ali, ó ai, se aquele negão olhasse pra mim...

Eu então incentivo:

- Dé psiu, que ele olha!!

ha ha ha

13 de agosto de 2007 15:05  
Anonymous Adao Braga disse...

AP...
Esqueci... eu acho algumas grávidas lindas,... apesar de nunca ter cantado alguma pelo estado, mas elogio sempre algumas barrigas e algumas grávidas

13 de agosto de 2007 15:12  
Blogger Eu e Ela disse...

na hora da pra sacar, se elogio vem acompanhado de um olhar de cima a baixo, é certo que é só a entrada pra uma cantada.
Mas quem não gosta de elogios ou cantadas?
Se eu sair e não receber nenhum eu surto!!!!!!!!
AP nem me fale de cantada na gravidez, sempre gostei de exibir minha barriga, era a barriga mais linda que já vi, uma vez fui seguida, o cara dizia cada coisa que adoraria ouvir se não estivesse gravida, um taxista que me ajudou a me livrar de tal doente, aos 8 meses de gravidez, nunca tinha ouvido falar dessas taras.
Senti medo. Nunca mais consegui exibir minha barriga quando saía sozinha.
Mas elogios são sempre bem vindos.
Bjs

13 de agosto de 2007 15:30  
Blogger Wolverine Logan disse...

se não visitaram o blog da Mélica hoje tão perdendo 2 videos bem legais no post "VENCER" o "acredite"(que é mais legal) e "apaixone-se", vale conferir.

13 de agosto de 2007 16:48  
Blogger Ricardo Rayol disse...

caraca, voltei e estou rolando de rir.

13 de agosto de 2007 17:33  
Blogger Lih disse...

Ahh, cantada é um caso sério...
Se for muito ruim acaba sendo broxante!
Sério mesmo, por mais que toda mulher goste de levar cantada, se ela for muito ruim quebra o clima, e aí já era...
Bom, pelo menos comigo é assim!

Bjão Ana!

13 de agosto de 2007 17:42  
Anonymous Erika disse...

Pois não dizem que nada melhor prá levantar o astral do que passar em frente a uma construção e aquele bando de pedreiros mexer com a gente?

Vou te contar.. nada melhor que um "gostos" quando vc tá se sentindo o bagaço da laranja. rsrs

Beijo

13 de agosto de 2007 19:52  
Anonymous Ladybutterfly disse...

gostei
quem não gosta de uma cantada??
no fundo todas adoram!
suave seja!
bjOs....

13 de agosto de 2007 20:46  
Blogger Lih disse...

Ahh, obrigada pelo elogio no Smile, Ana!
Tb gosto muito aqui do curralzinho!
E vo aproveitah pra já linkar seu outro blog lá, ok?
Bjo!

13 de agosto de 2007 20:58  
Blogger rafael disse...

Tenho dificuldades em elogiar mulheres justamente por esse fato da distinção da intenções. Não gosto de parecer cantador, seja para bem ou para o mal...

Aliás, não sou um cantador. Não sei, não tenho jeito, e nem corajem para tal atitude! (e só eu sei o que já perdi por isso)

Quando penso em dar uma cantada, ou as palavras me escapam, ou o rosto vermelho denuncia minhas intenções, rsrs

Adão, rola um curso por extensão??
rsrs

13 de agosto de 2007 20:58  
Blogger Aryana Penno disse...

Sou da turma que pensa "se elogiou, tá querendo alguma coisa". Mesmo que essa coisa só seja um sorriso, uma amizade, ou algo mais.
^^
Mas, vai saber né? Talvez minha mente que é maldoooosa.
hauahuah

Beijus

13 de agosto de 2007 21:55  
Blogger Thiane disse...

Ai meninas, tô vivendo uma volta que depende mto mais de mim pra dar certo. Tô tão aflita! Será que é possível se livrar dos traumas do passado e simplesmente ser feliz? Ele tá mega se esforçando e eu tô apavorada de não conseguir ficar à altura... Aliás, ele virou fã do blog de vcs. Beijos

13 de agosto de 2007 22:16  
Anonymous Beth disse...

Verborragicamente falando... Nada melhor do que um peão de obra na hora exata.

Mas se quiser romance, então, a melhor cantada é feita com o olhar - me desconcerta, me entrego, peço arrego.

Fui

13 de agosto de 2007 23:27  
Blogger Sandra Leite disse...

Ana,

Ainda que não seja tão verdade...
Mentiras sinceras me interessam! Sempre!

:-)

bjs

14 de agosto de 2007 01:14  
Blogger Ana Paula disse...

Beth, concordo! Nada como um peão em dias de auto-estima em baixa! Hum, cantada com o olhar? De derreter!

Thiane! Que legal! Pô, claro que é possível, é só vc estar realmente disposta e disponível! Um "vale a pena ver de novo" pode ser tudo de bom! Relaxa, para poder aproveitar!

Aryanna, ninguém dá almoço grátis!

Rafa, que fof, muda não! Esqueça os conselhos do Adão!

Adão as cantadas que ouvi eram grosseiras... Duvido que sejam os elogios que vc gostaria de fazer para as barrigudas.

Lih, fui sincera!

Ladybutterfly! Obrigada e bem-vinda!

Erika, certíssima, tenho que concordar!

Sara, nem posso contar o que ouvi, é impróprio para esse horário! rs

Adão, tô passada, vc e a Kátia são modernérrimos!

Rayol, tô esperando!

14 de agosto de 2007 01:47  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

Rafa: Acho tão digno meninos tímidos. Mas não pode ser muito não. De vez em qdo dá uma driblada no medinho e chuta pro gol.

Beth, tava sumida, hein mulher? Conta as news que o povo quer saber!

Adão: Chiquetérrima sua relação. Tenho karma de namorar caras ciumentos e sou mais ciumenta que mãe de filho-unico! Homem meu não elogia mlher alheia não! Hehehe

Sandra: Adoro esta frase do Cazuza. É a melhor né? Mas só complementa a que vem antes: O teu amor é uma mentira que a minha vaidade quer! Falou tudo né?

Ai..ai...
To moscando aqui no trabalho meninas...
Deu vontade de comentar. Vou rodar os blogs por aí...

14 de agosto de 2007 09:31  
Blogger Beth Santana disse...

AP = pois é lindissima. enquantos uns perdem tempo arrumando frases repetidas, outros vêm com um simples olhar e já te derrubam. Adoro isso. Ahhhh...os peões! Adoro ouvir àquele famigerado: ôoooooo gostosa!...faz um bem danado.

********

Lady
Linda e vitaminada

estou a cada dia passando num cantinho e atualizando os coments nos textos. Ontem, me doei às Vacas, Adão e minha amiga Jullie. De resto ando voando em um canto e poetisando lá no outro canto (aliás foi vc que deixou um comentário no Eu-Me?).

Me conta. Já te conhecia e nem sabia? ô menina !!! Coisa boa viu!

Te adoro Lady !!!!

****

Beijinhos em todos .......

14 de agosto de 2007 09:49  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

Beth: Eu fico flainando pelos blogs qdo estou meio folgada aqui no trabalho (o que depois da contratação do estagiário de Direito tem sido frequente, mas tenho q fingir q faço MUITA coisa pra não me arranjarem mais serviço, enfim...).

Então não sei se fui eu! Mas eu ja dei várias passadas e comentei varios posts do She's like the wind q eu adoro e acho super bonito.

Bom retorno! Não suma!

14 de agosto de 2007 10:17  
Blogger Barbarella Bela disse...

Não há nada melhor do que uma boa cantada.... Eu não dispenso!
Beijos

14 de agosto de 2007 11:34  
Blogger Glênio Gangorra disse...

Texto interessante e digno de uma liberticida reacionária imperialista que quer ver o povo entregue à sanha assassina de Bush. Nós, defensores do movimento democrático nacional-socialista bolivariano, lutaremos até a ultima gota de sangue contra tal igonímia.

14 de agosto de 2007 12:23  
Blogger Ana Paula disse...

Bela, eu tb não!

Lady e Beth, podem ficar amiguinhas, e fazer meus comments de msn, mas não me abandonem. Sou possessiva! rs

Liberticida reacionária imperialista??? Moi? Ahahahahahaha! Ah, impressionante como sou transparente! Vou parar com isso de escrever. Todo mundo me conhece melhor que eu. Devem ser todos intuitivos! O que eu posso dizer diante de tal comentário? Adorei sua visita!

14 de agosto de 2007 12:28  
Anonymous Adão Braga disse...

Rafa:
Eu tive que me adaptar. Elogiar, faz parte de minha vida adaptada, tinha que ter um diferencial, afinal, eu concorria com caras bonitos...

Comece elogiando a sua mãe, irmãs, parentes, amigas próximas;

Observe o cabelo, as unhas, batom, pès, mão, roupa, acessórios, etc. note as diferenças. Não use de zombaria. É melhor silenciar as vezes, e dizer que não gostou de algo, se pedirem a opinião.

AP:
1 - Procurei o link para te denunciar, mas não achei... não atrapalhe a "classe" não; Rafa pediu um auxilio, não pode não... vou ter que lembrar do post anterior?

AP e "Querida Inércia"
2 - Minha relação com Kátia é legal, nada de ultra-moderna, os direitos constitucionais, existem para isto.

E isso mudou depois que assistir ao filme: "De olhos bem aberto" - foi perturbador, imaginar a situação, mas aprendi

Vou ali, com Kátia e volto para terminar...

14 de agosto de 2007 12:50  
Blogger Juℓi Ribeiro disse...

Queridas Vaquinhas:

Antes tarde do que nunca
(Risos...)
Vim deixar o meu comentário
nesse badaladíssimo blog.
Adoro ver a turminha
debatendo e participando
neste espaço maravilhoso.

Voltando a postagem:
Quem não gosta de elogios?
É muito gostoso, além ser ótimo
para a nossa auto-estima.

Mas penso que quando a cantada
passa a ser agressiva,
é melhor cortar imediatamente.
Porque deixa de ser algo natural,
gostoso e passa a se tornar
inconveniente...

Eu já conheço alguns que fazem parte da galerinha, como:
Adão, Beth, Ana, Fabi, dm, Erika,
um abração para todos vocês.
Para os que eu ainda não tive o prazer de conhecer, deixo outro abração e quero dizer que ficaria muito feliz com sua a amizade de vocês...
Beijos.

14 de agosto de 2007 13:07  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

AP: Lógico q não me esqueço de vc, gatchinha! E mando mais: Tem apenas algumas palavras para vc neste momento:

SORRISO/PESCOÇO/PULSO/NARIZ

Lembrou de algo?


Adão: Tem algumas pessoas que preferem me chamar de INERCIA mesmo! Hehehehe

14 de agosto de 2007 13:20  
Anonymous Renato RJ disse...

se esse pensamento fosse universal entre as mulheres, as paqueras seriam bem menos problemáticas e nós seríamos bem menos tímidos....adorei o post!

abraços.

REnato

14 de agosto de 2007 13:58  
Anonymous Adão Braga disse...

Juli,

Bem vinda ao curral! Aqui, não sou o dono, mas a minha parte é essa, seja bem-vinda, e venha chegando...

Gente, a Juli, tem olhos voltado para tudo que é lindo, se ela chegou aqui, é porque viu beleza, acomodação, alegria e amor.

Que bom!!!

- Querida (R = 0), não houve equilibrio em suas palavras:

"Homem meu não elogia mlher alheia não! Hehehe"

O problema de agir sempre com elogios é que algumas mulheres reagem com disconfiança. Uma que elogiei respondeu-me:

- Eu sou casada, favor me respeitar!

- Preocupa não querida, para as casadas ensino o que é Adultério, mas, não foi minha intenção dar-te uma cantada, só elogiei o seu cabelo!

Ou seja, quando houver efeito colateral, deve-se ter uma resposta, uma saída alternativa.

É o fim!!!

14 de agosto de 2007 14:19  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

Adão: De equilibrada, eu só tenho a fórmula! Hehehe

14 de agosto de 2007 14:58  
Blogger Wolverine Logan disse...

AP e DM
Quanta gente comentando, essa vacas são populares mesmo, também com um curral tão gotosinho assim, podolatria e cantadas isso aqui tá bom demais!
Beijos

14 de agosto de 2007 15:56  
Anonymous Fabynha disse...

Querida,
Obrigada pela visitinha...
E quando ao Nando... excelente, mas safadinho...
Ele tá por ai, mas infelizmente casado agora.... arghhhhhhhh
Volte sempre ok?
bjs

14 de agosto de 2007 17:54  
Blogger Ricardo Rayol disse...

isso aqui é um chat? cruzes.

Ana, quero mas ainda não tive um insight para escrever algo especialmente pra você (tudo que me vem a cabeça são as malditas vacas ahahahaha).

Mas vai sair. E não é cantada.

14 de agosto de 2007 21:53  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



 

 

Um olhar feminino sobre o universo... digamos, bovino. Mulheres falando da vida e de outras mulheres.
Mulheres explicando às outras que, querendo ou não, somos todas umas vacas!




A calma alma má
A cor da letra
Adão Braga - Corpo, alma e espírito
Adão Braga - Conectado
Aletômetro
All Racing
Apoio Fraterno
Ansiosa e prematura
Avassaladora
Banana com peperoncino
Bomba MH
By Oscar Luiz
Coisas e tralhas - Mutumutum
Colóquio
Concerto em Dó Menor
Conversas furtadas
Eu sei, mas Esqueci
Eu sou garota?
Fábio Centenaro
Geek Chic
Gothicbox
Hipermoderna
Immortal lust
Instant Karma
Isso é Bossa Nova!
Irmãos Brain
Jornal da Lua
Juarez, o cabrito montês
Limão Expresso
Luz de Luma, yes party!
Jogando Conversa fora
Mas, bah!
Mais atitudes
Matérias repugnantes de um brejo
Melica
Memórias póstumas de um puto prestimoso
Meu cantinho
MOrsa sem pelo
Mulher é tudo bandida
Mulher Remédio
Neuróticos modernos - Filosofia mequetrefe
O estranho mundo de Mila
Oncotô?
Os pensamentos de eu e ela
Paola, a estranha
Papo de buteco
Pensar enlouquece, pense nisso
Pererecas em chamas
Pérolas políticas
Remembrança
Saber é bom demais
Sem frescura
She's like the wind
Sinceros receios
Smile
Sobre sapos, pererecas e afins
Somos todos uns cachorros
Sou para-raio de doido
Uma mente nada brilhante
Van Filosofia
Vertente
Wolverine responde



Fevereiro 2007

Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Dezembro 2009
Março 2010





Powered by Blogger



eXTReMe Tracker