terça-feira, 28 de agosto de 2007

QUANDO OS BOIS VIAJAM A NEGÓCIOS ...

Ciúme, ciúme, ciúme, é um condimento essencial de toda a relação bovina que para se manter sempre quente em meu modo de ver, necessita de tal tempero, que pode ser mais ou menos condimentado, conforme o caso.

Só que a exemplo da pimenta e de outras tantas especiarias não menos nobres, esse tempero precisa ser exercitado com moderação e/ou no mínimo com uma certa classe ( sempre em “cima do salto”) e com discrição providenciais. Pois se assim não o for, estaremos estragando de vez, talvez um delicioso prato, que podia ter tudo para ser supimpa não é mesmo ?

Já confessei aqui, que sou uma vaca tipo ciumenta-controlada. Evidentemente, procuro não exagerar do citado tempero, mas que no meu menu diário, ele não falta, ah, não falta mesmo!

Relacionamentos bovinos, sem uma comedida e acertada dose de ciúmes, em minha humilde acepção equivalem por assim dizer a uma comida do tipo “insossa”, ou seja: Daquelas que não faria a menor diferença você ter provado ou não. E se não faria diferença mesmo, porque insistir em tal iguaria? Melhor mudar o cardápio de vez, por algo mais, apetitoso ou prazeroso ...

Por isso, sem o menor grau de culpa, procuro, exercitar sim, o condimento ciúme com moderação,tentando sempre não ser paranóica (Se é que isso é possível), pela simples razão der zelar do que gosto. Invariavelmente, me mantenho assim “alerta”, sem desgrudar muito, os olhos do rebanho próprio, com o objetivo, mais do que excusável de apenas não “dar sopa para o azar”, pois vovô sabiamente já dizia : Que ocasião, faz o ladrão!

Exemplo na prática do condimento Ciúmes com moderação:

Semana passada, por exemplo, meu boi sob pretextos de trabalho, e qual o boi ou vaca atuantes do mundo corporativo que não os têm, viajou a Curitiba-PR, lá tendo de pernoitar por duas noites, por conta de um renomado Congresso do setor automobilístico.

- Hum-rum... - Balbucei resignada, procurando em meu âmago, meu lado vaca~segura~equilibrada: Evento-Congresso: Assim entendido, nada mais do que trabalho, trabalho, nada mais do que trabalho. “Just it”! Montes de bovinos do setor reunidos, todos momentaneamente afastados de seus currais próprios. Imprescindível mesmo, deixar de ir. Questão meramente profissional e ponto. Afinal quem não é visto, não é mesmo lembrado, e o boi ainda, ia proferir uma palestra e ganhar dinheiro com isso. É mais do que justo, Eu diria é justíssssssssimmmmmmooooo!

Mas, aquela incômoda voz interior do gênero e tipo, vaca~paranóica~ciumenta, inadvertidamente também resolveu dar o ar da graça sobre o tal evento, e insidiosamente começou a me assombrar, com argumentos do tipo:

- Mas e à noite, hem ? Quando todos os “bois e vacas costumam ser pardos”, após o término do trabalho ? Procurei me acalmar pensando: - Ora bolas, a “noite é uma criança” e ponto, todos os bois “pastam” e vão dormir ...

Mas a incômoda voz-interior, voltou ainda a me atordoar: - Sim, vaca tranqüila e segura, a noite por certo é uma criança, mas a “madrugada”, costuma ser sempre uma prostituta!

E, assim, prosseguiu: - Reflita melhor.Para onde iriam tantos bois desparceirados, assim a pastar? E na companhia de quem pastariam? De outros bois, ou de outras vacas, colegas também? - Sim, agora tem sempre vacas nesses eventos. “Das boas e das ruins”, porque não dizer. - Ah! Já ia esquecendo também de falar, soava a irritante voz: - Que geralmente,neste tipo de evento, de bois desparceirados, intitulados de meras Convenções de trabalho, existem agora também, aqueles famigerados “books” de vacas-profissionais, que agora graciosamente estão a fazer parte integrante, também de eventos dessa magnitude, em uma espécie inocente de eu diria um rentável “join-venture” firmado com os hotéis!
É mole ou querem mais ? Tentei manter o controle ...

Mas a "Voz bovina da razão", veio de imediato em meu socorro, providencialmente para me salvar de tão cruéis e doentias divagações:

- Melhor ignorar com uma certa cautela, o lado vil e cão do universo bovino corporativo! Contenha-se apenas em saber, que ele existe e faz parte da vida! Reflita, por um segundo, sobre a via contrária da coisa toda, e se valorize também! Afinal, você-VACA, também estará sozinha, nas próximas quarenta e oito horas, e coisas “estranhas” poderão acontecer com você! Vale para todo mundo!

- HUMRUUUUUMMMMMMMM! Finalmente, uma verdade acalentadora!

E a mesma voz bovina da razão, ainda preconizou:

Simplesmente confie nele, como ele deverá confiar em você! É o que resta a ambos e pronto!
Mas, por via das dúvidas ... Não deixe de se fazer presente, no evento, ainda que ausente! Ligue, pelo menos duas vezes ao dia, no intervalo da palestra, para não atrapalhar, e uma vez à noite, lá por volta das 12:00 horas !(Mais do que isso, e você passará por uma vaca~paranóica, não exagere, contenha-se!) Por ocasião das citadas ligações, pergunte se ele está bem, e logo após, diga que está com saudades e “um pouco aflita por ele”! Termine o diálogo, só se estiver sentindo, é claro, com um clássico “eu te amo”, e lhe deseje uma agradável noite de sono, e um posterior dia produtivo! Tudo no maior sangue-frio, e de “cima do salto”, como o fazem as vacas seguras de si como você ! Lembre-se do "Cow-Power"!

- Sei, sei ..... até aqui moleza !

NO REGRESSO DO BOI AO LAR: Ainda que nada de aparentemente estranho tenha ocorrido com você ou ele nestes últimos dois de dias de afstamento, e por ocasião do regresso do boi ao curral, olhe-o de cima a baixo, e depois profundamente nos olhos! (Lembrem-se: os olhos costumam ser o espelho da alma bovina), e aproveite o momento para cheira-lo um pouco, no “cangote” discretamente é lógico, não como uma cadela farejadora! Lembre-se você é VACA, não cachorra! Nada suspeito, por aqui, logo em seguida, encha-o de beijos, então e diga com um certo ar blazé casual, simplesmente que lamentou a ausência do boi do curral!

NO DIA SEGUINTE ... O boi foi trabalhar, finalmente, momento mais do que crucial coberto de expectativas angustiantes. Quando desfizer as malas do boi, geralmente é a vaca que faz isso, com uma certa prudência, solte agora de vez a franga “ciumenta” que existe dentro de você e libere imediatamente seu lado de vigilante sanitária, sem medo de ser feliz! Parafraseando a Lady, e ainda que na “moita”, brade em alto e bom tom, e se desculpe a si própria, por tamanha falta de confiança : VIGILÂNCIA SANITÁRIA RULES! Inspecionando, cuecas, camisas, lenços e bolsos!

Aí, se achar alguma coisa “errada” ou fora do comum, a "vaca até pode ir pro brejo mesmo" mas se for é porque tinha que ir mesmo! Antes tarde do que nunca! Mas, ainda há um consolo: Se, por um a caso, a tal vistoria sanitária, não der em nada, você certamente poderá respirar aliviada e segura, até a próxima Convenção de Bovinos!

CONCLUSÕES SOBRE O USO DO CIÚME PONDERADO:

O tema deve ser encarado como mera QUESTÃO DE SOBREVIVÊNCIA BOVINA NO MUNDO CORPORATIVO, mas também como questão de carinho, de atenção e zelo por quem se aprecia. Afinal quando conheci o boi em questão, estávamos nós, justamente a exercer esse tão mal afamado "bussines and pleasure" ...


15 Comentários:

Anonymous 1ª Lady Newton disse...

Ah Dona DM! Escreveste este post para a minha pessoa né? Ou quase, já que meu Spider-boi-man vive mais em viagem do que em casa. Quer dizer, na casa provisória dele em Sampa. Quer dizer..Ah! Deixa pra lá!

Realmente existem os tais books e e fiquei amedrontada qdo soube! Mas tb soube q o chefe de Spider é evangélico e não permite extravagancias! EVANGÉLICOS RULES! MORAL E BONS COSTUMES RULES!

Fora q da ultima vez, ele me ligou umas 11 da noite (eu nunca ligo, pra não assustar o bichinho, pois ainda não sou VACA-OFICIAL)me dizendo q iria dormir. Nem precisaria ter ligado né? Achei fofo! *cara de inocente*

Em todo caso, eu não procuro por nada hj em dia! Ainda não tenho esta autoridade. O q eu faço é sempre esperá-lo linda e cheia de boa vontade, pois o tempo urge e nunca saberei qdo os negócios o chamarão novamente.

Muito franca? Esta vida de Mary Jane é triste! Mas tem compensações! É super digno isto!

MODERATE JEALOUSY RULES!
Pra variar fugi do tema! Heheheh

28 de agosto de 2007 09:37  
Blogger Ana Paula disse...

Amiga! Mandou bem!
Curitiba é um perigo para os casamentos alheios, hahahahaha!
Mas, generalizações a parte... Embora homens pensem claramente em ritmo e diapasão diferente do nosso, duvido muito que algum deixe pistas de que pulou a cerca do curral. Só se for muito burro. E aí merece o pé na bunda duplo: por ter traído e por ser burro, pq não estou aqui para aturar homem intelectualmente inferior, hahahaha! Hj estou pior que o Dr. Fox!
Sei bem do que estou falando, pq fui descaradamente traída por anos e nunca apareceu uma provinha sequer. Até aparecer uma provona, claro! Obrigadinha, Senhor, pq não virei uma vaca descontrolada de ciúmes!!!Agora, se uma pista aparecer, é o caso de se pensar se não foi "plantada" por uma vaca qualquer a fim de tomar conta do marido alheio. Vacas fazem de tudo quando querem o curral de outra...
Anyway. Um pouquinho de ciúme é bom, garante a sobrevivência. Garante que a gente não se acomode no realcionamento. E isso é vital. Eu me derreto qdo o cara tem um ciumezinho de mim... Tão bonitinho...

Ladynha, chefe evangélico? tudo de bom!
Vida de Mary Jane tem compensações? Tudo de melhor!

28 de agosto de 2007 10:03  
Blogger Wolverine Logan disse...

DM
Exata e precisa em todos os movimentos!!
Não consigo imaginar nada mais a se fazer e se servir de consolo nós Bois temos os mesmos temores quando nossas Vacas vão em viagens de trabalho, feiras, congressos e outros eventos do gênero, todos sabemos que rola muito assédio nesses eventos tanto pra Bois quanto pra Vacas.
Beijos.

28 de agosto de 2007 11:03  
Blogger Ana Paula disse...

Meu pai bem que dizia: Vento que venta lá, venta cá também...

28 de agosto de 2007 11:19  
Anonymous Mário disse...

Fantástica narração do ciúmes em combate frontal com a razão...rs. Pergunto-lhe: confiar "cegamente" é possível? Um grande abraço.

28 de agosto de 2007 11:39  
Blogger Claudio disse...

DM, por acaso você é daquelas que ainda pensam que congressos são apenas reuniões chatas e palestras solonentas durante o dia e saídas noturnas com colegas, vaquinhas dando mole e muito sexo de noite?????

Pois é isso mesmo !!!!

bjs

28 de agosto de 2007 12:18  
Blogger DM disse...

Lady, o texto não foi só prá você, para todas nós vacas, que possuem parceiros que viajam !

AP, ainda que na linha Dr. Fox, amei os comentários, aliás adoro os dele também ... By the way, como causídica que sou, e lembrando das minhas aulas de medicina legal e criminalística, acho que o "assassino/criminoso", sempre deixa a sua assinatura no local do crime, por mais indelével e mascarada que seja! É que as vezes a gente não enxerga mesmo, ou não quer enxergar por razões consciente e/ou inconscientes ...

Mário: Confiar cegamente, não é possível nos dias de hoje, muitas possibilidades ao redor, para todos os gostos, o negócio é fazer o relacionamente gratificante para ambos, de modo a ofuscar a concorrência sempre ...

Cláudio querido: Já fui e participei deste tipo de evento, e bem sei todas as "put ...." que podem lá rolar, por isso sempre fico cabreira com os mesmos ... Como já disse questão de Sobrevivência ...

E finalmente, LADY, todas nós vivemos um pouco, em circuntâncias diferentes, nosso lado "Mary Jane", sempre a espera de um Spider!
Quanto ao chefe evangélico, lamento te decepcionar... mas religiosos de um modo geral, as vezes fazem tanta M, e buscam a salvação de seus pecados na religião, pura fachada !!!!

Beijos em todos, eu continuo e sigo ciumenta com moderação é claro !!!

28 de agosto de 2007 13:11  
Anonymous Dimitri disse...

Ana Paula, eu disse que voltava. Adorando esse blog "bovino", não da para ficar longe, sempre uma passadinha básica. Mais uma vez obrigado pela visita ao meu blog e o comentario.
bj.
Dimitri

28 de agosto de 2007 14:35  
Anonymous 1ª lady newton disse...

Quero deixar aqui registrada minha felicidade em saber q minha sogra passa bem (muito bem, por sinal) e que provavelmente não terá cólicas e nem diarréias neste FDS, ficando Spiderman livre de qualquer obrigação com aquela VACA-VÉIA por alguns dias!

DM: O chefe dele é evangelico daqueles q coloca o anjo de deus espionando o quarto dos outros engenheirinhos! LUXO! PROTESTANTISM RULES!

ACABA AQUI O BOLETIM SPIDERMAN DESTA TARDE!

28 de agosto de 2007 17:58  
Blogger DrFox disse...

Puxa vida, os temas não estão me ajudando!Socorrooooooo! hehehe

DM, sinto discordar veementemente de seu arrazoado.

Abomino toda e qualquer invasão a minha privacidade, isso pra mim é caso de demissão sumária e por justa causa. rsrs

Não sou de sentir ciúmes e não o considero um tempero, mas um causador de desconforto nas relações.

No mais prefiro conceder o benefício da dúvida, pois se você diz confiar em alguém, não tem sentido pensar o contrário.

Claro que falo sem a experiência de um casamento o que pode vir a mudar minha perspectiva, mas hoje é assim que penso.

No mais, a verdade sempre vem a tona e quem me enganou, não importa quanto tempo demorou pra ser desmascarada, me perdeu e isso pra mim basta.

Sempre fui de aguentar as conseqüências, não gosto de fugir dos assuntos, quando fui a um puteiro, tive a coragem de dizer eu mesmo.

A ela só coube confiar ou partir.

Pago um preço caro por essas atitudes, e aceito as perdas delas decorrentes.

Bjs

28 de agosto de 2007 19:24  
Anonymous Corina disse...

Não é sem alívio que chego a conclusão de que não sou a única neurótica nesse assunto. Das duas, uma: Ou você tem a cpacidade de ler meus pensamentos ou és uma psicóloga nata. Beijo

28 de agosto de 2007 19:46  
Blogger DM disse...

DR. FOX, seus comentários são sempre corrosivos, mas por certo edificantes, sempre há o que aproveitar, ainda que nas entrelinhas... Viva a diversidade de opiniões e "modus vivendi", ainda que paradoxais...

Corina: Não me considero uma neurótica propriamente dita na questão, mas que zelo e cuido do meu curral, aí isso cuido mesmo ... E acho que todas as vacas, de um modo geral, se sentem um pouco inseguras nesse tipo de situação sim, e os bois também, como dito pelo nosso querido leitor mutante!

28 de agosto de 2007 20:48  
Blogger luma disse...

Aff! O ciúme vale para quem vai e para quem fica. Melhor nem pensar, mas prestar atenção nas brechas.
Beijus

29 de agosto de 2007 09:17  
Blogger Ricardo Rayol disse...

Sei lá o que dizer rs... eu viajo pacas a trabalho e digo que se saí duas ou 3 vezes para esticar após o trabalho foi muito.

Não sou santo diga-se de passagem.

29 de agosto de 2007 12:46  
Anonymous Angelina disse...

AHHHH DM, você como sempre traduzindo em letras claras as preocupações do curral moderno! KKKKKKKK

Eu sou exatamente assim como você, é "um olho no padre e outro na missa", ciúme comedido e moderado, mas ABAFA! kkkkkkkkkk

Essas viagens.... são fogo! Nunca se sabe né por isso é sempre bom ficar ligada! heheheh

30 de agosto de 2007 12:03  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



 

 

Um olhar feminino sobre o universo... digamos, bovino. Mulheres falando da vida e de outras mulheres.
Mulheres explicando às outras que, querendo ou não, somos todas umas vacas!




A calma alma má
A cor da letra
Adão Braga - Corpo, alma e espírito
Adão Braga - Conectado
Aletômetro
All Racing
Apoio Fraterno
Ansiosa e prematura
Avassaladora
Banana com peperoncino
Bomba MH
By Oscar Luiz
Coisas e tralhas - Mutumutum
Colóquio
Concerto em Dó Menor
Conversas furtadas
Eu sei, mas Esqueci
Eu sou garota?
Fábio Centenaro
Geek Chic
Gothicbox
Hipermoderna
Immortal lust
Instant Karma
Isso é Bossa Nova!
Irmãos Brain
Jornal da Lua
Juarez, o cabrito montês
Limão Expresso
Luz de Luma, yes party!
Jogando Conversa fora
Mas, bah!
Mais atitudes
Matérias repugnantes de um brejo
Melica
Memórias póstumas de um puto prestimoso
Meu cantinho
MOrsa sem pelo
Mulher é tudo bandida
Mulher Remédio
Neuróticos modernos - Filosofia mequetrefe
O estranho mundo de Mila
Oncotô?
Os pensamentos de eu e ela
Paola, a estranha
Papo de buteco
Pensar enlouquece, pense nisso
Pererecas em chamas
Pérolas políticas
Remembrança
Saber é bom demais
Sem frescura
She's like the wind
Sinceros receios
Smile
Sobre sapos, pererecas e afins
Somos todos uns cachorros
Sou para-raio de doido
Uma mente nada brilhante
Van Filosofia
Vertente
Wolverine responde



Fevereiro 2007

Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Dezembro 2009
Março 2010





Powered by Blogger



eXTReMe Tracker