sexta-feira, 3 de agosto de 2007

A vaca da ex-namorada

Vaca, nem conheço você... Mal sei seu nome... Mas ao ouvir hoje sua história, não me contive e resolvi dar pitaco na sua vida. Chame isso de coleguismo. Afinal, somos todas umas vacas...

Começa pelo nome que é lhe dado agora. Ex-namorada. Se fosse um bom relacionamento, não era ex. Era atual. Por algum motivo, acabou. E você sabe melhor do que eu que motivos são esses. Então, namoro terminado, bola pra frente. Dói? Chora. Enche o saco das amigas e amigos. Escuta a música meio breguinha que a faz lembrar de vocês dois até o CD gastar. Bebe, se for esse o caso. Tenho um amigo que diz que fim de namoro só é fim depois que você toma um porre. Não sei se é necessário, mas se você é adepta, embebede-se.

Passada essa fase inicial, questione-se. Pergunte à você mesma porque acabou. Aprenda com você mesma. Com os seus erros e/ou os dele. Faça anotações mentais: "Da próxima vez tenho que ser mais segura e não encher o saco do cara" ou "Preciso arrumar um namorado que acompanhe meu ritmo e tenha paciência" ou o que quer que você precise mudar para melhorar sua vida amorosa. Mas seja honesta. Isso vai lhe fazer bem.

Terceira fase. Quer voltar? Ótimo. Avalie se é possível. Ele quer voltar? Ficou uma porta aberta? Se a resposta é não - como eu acho que é o seu caso - aceite. Querer é poder quando só você está envolvida na questão. Quando são duas variáveis na equação, a coisa toda complica... Vai obrigar o cara a casar com você? Às vezes o final era o final mesmo. Preserve-se então. Pare de inventar motivos bobos para falar com ele. Dê espaço. É bacana lutar por quem você ama, mas tudo tem limite... Inclusive a humilhação pela qual você involuntariamente acaba passando. E quanto as suas chamadas "táticas de guerra"... Ai... Já ouviu falar em ética? O que você chama de ataque eu chamo de criancice! Você não acha que uma hora ele não vai descobrir esses joguinhos infantis? E não foi justamente isso que o fez terminar com você? Ih, olha eu aqui falando demais. Mas saber o que você anda fazendo me irrita um pouco.

Meu conselho final: bola pro mato, que o jogo é de campeonato. Se arruma, chama as amigas, vai pra night paquerar... Arrume uma outra história de amor para você. Deixe a história de amor dos outros em paz. Com o tempo, você vai se sentir melhor.

16 Comentários:

Blogger Beth disse...

É ....apoiadissimo.
Sai fora...deixa o cara ser feliz com quem ele quer ser feliz. Enquanto vc gasta energia minando a relação dele com a nova escolhida, tem outro por ai procurando por você.
Eu heim!


Bjinhos vaquinhas queridas

3 de agosto de 2007 12:22  
Blogger Eu e Ela disse...

Ai Ap......
Ex é sempre um problema, quando não se toca então.
Não vou escrever muito hoje sobre o assunto, não sei se to magoada, estressada, cansada, puta da vida mesmo. Ontem esqueci meu orkut aberto e "alguém" entrou e deixou mensagem para todos os bois bonitos que viu por lá avisando que estavam detonando minha relação. to me contendo pra não escrever um post daqueles bem mal criados, e por conscidencia ou não hoje escreveria um post sobre respeito a individualidade e até elogiaria tal "alguém".

Tem que ter ética. Tem que haver reispeito. Se não deu certo bola pra frente. Detonar qualquer coisa relacionado a alguém que não te quer mais é baixaria.
bjs

3 de agosto de 2007 13:28  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

Olha, sinceridade? Ex-namorada é pobrema. Tenho uma saga com várias! Eu sou uma Ex super gente boa, dou até conselho pra nova titular do bruto quando a amizade continua! Mas dou muito azar com as neuróticas maniaco depressivas que meus namorados teimam em ter tido como oficiais.

Uma delas, ja inventou q tinha ficado grávida e perdeu o filho, pra ver se o bruto voltava! Outra resolveu aparecer no acampamento do pessoal do Para-Quedas la em Boituva pra "matar as saudades" do pessoal (ela odiava todo mundo e vice-versa). Certa feita, uma delas começou a chorar numa festa na frente de todo mundo e apontar pra mim! E tenho mais muitas histórias de ex-namoradas de namorados meus que ficaria horas contando.

Ta certa, mujer! Corta logo esa frescura da tonta e manda ela ir atras de um bruto-simio bem saradão que possa dar conta da carencia afetiva dela! E diz pra ela se tratar que isso é sintoma de doença e das graves!

3 de agosto de 2007 13:52  
Blogger AP disse...

Eu tb sou uma ex show, Lady... Super educada, respeitosa. Moderna. Quase não tenho contato com ex, mas sempre rola o maior respeito. O que não deixaria acontecer nunca é uma mulherzinha querer detonar o namoro dos outros... Ela que vá se tratar, sim!

Sara, ética e respeito. Isso é tudo pra todo tipo de relacionamento. E não me fale em problemas com orkut! Estou até aqui com eles!

Espero sim, Beth, que haja algum cara para toda ex descompensada que existe por aí...

Beijos, meninas!

3 de agosto de 2007 14:32  
Blogger rafael disse...

Esses conselhos também servem para os bois?!?! rsrs

Já estou a deriva a tanto tempo que nem me considero mais "ex" (se bem que esse título é para vida toda) e também não tenho incômodo com elas. Mas em todo caso, é sempre bom guardar as dicas!!!!

bjus

3 de agosto de 2007 15:27  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

Lembrei aqui de um caso bizarro!

Certa feita, uma ex-maníaco depressiva com alguns sintomas de Transtorno Bipolar, decidiu que seria de bom tom dar os parabéns pro meu Bruto-da-vez no aniversário dele, pessoalmente. Mas a despirocada não sabia que eu estava lá. Estávamos jogando Play Station na sala, nada de mais! Eu de abrigo Adidas!

Ele convidou ela pra entrar (o tonto era desses "educados") e eu corri pro quarto. Vesti um baby doll e apareci na sala enquanto ele servia uma agua pra ela. Fingi constrangimento e pedi desculpas pelos trajes. Mas ela entendeu o recado e nunca mais apareceu lá!

Ela sabia q ele estava namorando e ainda foi na casa dele! Ele disse q nunca abriria a porta pra ela se eu não stivesse lá, mas vai saber né? Quem ama cuida!

O bom d história é q ela se tocou e tocou a vida pra frente tb! Fiz um bem pra moça!

Muito franca, né? Acho indigno essas ex-namoradas despirocadas! Credo!

3 de agosto de 2007 16:43  
Blogger Van disse...

Querida.....
Mandei um e-mail 'quase-assim' pra EX (ex-mulher, não ex-namorada) do meu marido. Aff!!!! Depois do e-mail, ela ficou na dela. Respeitou ao menos! (ponto pra ela) Quem não ficou muito quietinho foi o atual-marido dela. Mandou e-mail mal-educado pra mim, cheio de lições de moral. É mole? Eu mereço! - Aí quem ficou quieta fui eu. Certas coisas ... é melhor nem gastar fosfato ou desperdiçar palavras e tempo!
...........................................
Devia existir um planeta longínquo e isolado pra onde todas as Ex deveriam ser mandadas. E então elas viveriam lá, lindas, invisíveis e felizes. Bem longe da gente! Devia existir... Ahhh, devia!
Beijuca, querida!

3 de agosto de 2007 16:57  
Blogger Fabi disse...

Tenho um ex namorado que até hj me classifica como a melhor namorada que ja teve e principalmente como a melhor ex.

Bola pra frente.

Começar novamente, sempre tem coisa boa pra acontecer.

3 de agosto de 2007 18:32  
Anonymous Anônimo disse...

Gente do céu, quanto territorialismo!

Eu sempre me dei bem com as ex-.

Despirocada mesmo só uma que infernizou por 5 anos seguidos, mas só muito tarde percebi que sem querer era eu quem alimentava a situação.

Talvez por isso, hoje meus critérios de escolha sejam tão elevados.

No mais, berço é tudo.

[]'s

DrFox
(não consegui logar)

3 de agosto de 2007 18:41  
Blogger Juliana Melo disse...

É isso mesmo, AP. Está certissima!!! Ex é ex e fim de papo. Morreu o boi. Ficar remoendo a questão não leva ninguém a lugar nenhum.....viva o fim e seja feliz!

Bjos

3 de agosto de 2007 19:35  
Blogger DM disse...

Adorei AP, posso mandar para ex do boi ??? Passados dez anos, ela ainda não se conforma !!!!

Espero que tenhas melhorado da enxaqueca ... Hoje to na corrida...

BEIJOS, Já vi adiaram o RABO ....

Que pena, já tava louca para fofocar sobre o RABO é claro!!!

3 de agosto de 2007 19:52  
Anonymous Angelina disse...

ex-namorada é mesmo um saco. pior que as vezes a gente alimenta mesmo essa intriga, sem querer.

mas você foi muito diplomática e aconselhadora neste post! ela vai pelo menos pensar um pouco né?

3 de agosto de 2007 22:34  
Blogger Osc@r Luiz disse...

Vaquinhas, queridas...
Acho que vocês entendem tudo de pasto... de leite... mas quase nada de bois. Mas tudo bem, também não entendemos muito de vacas...
Beijos!

4 de agosto de 2007 13:49  
Anonymous Pâmela disse...

Haha... A-DO-REI o post!

19 de novembro de 2008 14:12  
Blogger Futura Mamae disse...

Ola amigas nao sei mas o que fazer,estou casada a um ano e meio e nesse tempo a ex do meu marido nao se toca e vive atras dele eles tem uns amigos em comum e ela sempre vai onde ele esta.Ela tem um filho de 11 anos dele e usa isso como desculpa pra chamar ele na casa dela o tempo todo.Estou gravida de 4 meses e nao aguento mais ela inferniza minha vida.O que eu faço com ela.Brigadinha

22 de novembro de 2010 16:39  
Anonymous leninha disse...

gente me ajudem por favo,estou casada a 4anos mas a ex do meu marido nao larga do pé dele,,vivi correndo e fazendo de tudo para ele volta,,mas eu nao aguento mas e as vezes acabo dando gostinho q ela quer ,,e descuto com ele,,mesmo ele nao dando importancia pra ela,,mas ela usa os filhos para intriga..

12 de março de 2015 22:03  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



 

 

Um olhar feminino sobre o universo... digamos, bovino. Mulheres falando da vida e de outras mulheres.
Mulheres explicando às outras que, querendo ou não, somos todas umas vacas!




A calma alma má
A cor da letra
Adão Braga - Corpo, alma e espírito
Adão Braga - Conectado
Aletômetro
All Racing
Apoio Fraterno
Ansiosa e prematura
Avassaladora
Banana com peperoncino
Bomba MH
By Oscar Luiz
Coisas e tralhas - Mutumutum
Colóquio
Concerto em Dó Menor
Conversas furtadas
Eu sei, mas Esqueci
Eu sou garota?
Fábio Centenaro
Geek Chic
Gothicbox
Hipermoderna
Immortal lust
Instant Karma
Isso é Bossa Nova!
Irmãos Brain
Jornal da Lua
Juarez, o cabrito montês
Limão Expresso
Luz de Luma, yes party!
Jogando Conversa fora
Mas, bah!
Mais atitudes
Matérias repugnantes de um brejo
Melica
Memórias póstumas de um puto prestimoso
Meu cantinho
MOrsa sem pelo
Mulher é tudo bandida
Mulher Remédio
Neuróticos modernos - Filosofia mequetrefe
O estranho mundo de Mila
Oncotô?
Os pensamentos de eu e ela
Paola, a estranha
Papo de buteco
Pensar enlouquece, pense nisso
Pererecas em chamas
Pérolas políticas
Remembrança
Saber é bom demais
Sem frescura
She's like the wind
Sinceros receios
Smile
Sobre sapos, pererecas e afins
Somos todos uns cachorros
Sou para-raio de doido
Uma mente nada brilhante
Van Filosofia
Vertente
Wolverine responde



Fevereiro 2007

Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Dezembro 2009
Março 2010





Powered by Blogger



eXTReMe Tracker