segunda-feira, 13 de agosto de 2007

VACAS EM CIMA DO SALTO

Não consigo vislumbrar a razão plausível e auto-explicativa pelo fascínio que sapatos, em especial os de salto alto, costumam exercer sobre as vacas. Mas, na contramão, não conheço também, nenhum boi, que por seu turno, se mostre insensível e impassível diante de uma vaca elegantemente montada em seu modelito fashion, de sapatos altos.

Que me perdoem as vaquinhas adeptas contumazes do tênis e/ou das vulgarmente conhecidas “rasterinhas”, mas somente do alto de um bom salto, uma vaca, por certo vê o mundo, de um ângulo bem mais elevado e com “outros olhos,” atiçando nesta condição, ainda que de forma inconsciente o universo bovino masculino ao redor.

Aliás, se assim não o fosse, não haveria mesmo, razões plausíveis, para nos equilibrarmos em cima de sapatos de saltos, que variam de 5 a 10 centímetros, conforme a particular predileção de cada vaca.

Seguimos assim, caminhando na linha contrária dos inúmeros tratados de ortopedia e traumatologia, todos de antemão conscientemente ignorados pelas vacas, pois saltos altos, modelam de forma incontestável nossas pernas de vaca.

Como em um passe de mágica, só no calçar tais sapatos, todos os nossos músculos femininos, das panturrilhas as nádegas, parecem como que por “encanto” ficarem imediatamente empinados. E a última curva da coxa da vaca, o que dizer, dessa parte estratégica feminina, que arranca inenarráveis suspiros dos bois, essa somente do alto de um belo salto, parece estar solenemente a contradizer, e a desafiar todas leis da gravidade.

Então, vamos de uma vez por todas admitir para nós mesmas: Calçamos inadvertidamente e como loucas, sapatos nas alturas, para melhorar sim a nossa auto-estima bovina, diante da citada e imediata transformação estratégica em nosso corpo e pernas, e também para ver o mundo em um nível mas elevado, se assim preferirem algumas. Mas a razão crucial da questão, e por muitas vezes inconfessável, é a de sempre: Atiçar os bois e fim! E o resultado se mostra mesmo, mais do que infalível, pois nenhum boi permanece “sossegado”, diante de tanta “empinação” bovina feminina!

Vacas mais baixas ficam mais altas e esguias, as mais altas adotam por certo ares de modelo profissional. Mas em ambos os casos, a empinação além de secretamente desejada, costuma ser fatal, aos companheiros de rebanho. O efeito é tão positivo, que meu boi, nem reclama mais, dos gastos “eventualmente” dispendidos a tal título!

Portanto bovinas, se existe alguma pretensão séria e dirigida, a conquista do rebanho vizinho, em tempos de concorrência mais do que acirrada, nunca saiam de casa sem eles! Guardem os tênis, e as referidas rasterinhas, para programas praianos e práticas desportivas. Tudo em nome da “elegância”, é claro!

Mas, se porventura, ainda assim, persistir alguma, momentânea preocupação de vaca, a cerca de ficarem mais altas do que alguns bois. Esqueçam! No plano “horizontal” de qualquer curral mais íntimo, isto certamente se mostrara de menos importância!

Portanto, se a intenção real da vaca consiste em realmente “ir luta”, rrmem-se que nem os 300 de Esparta, com trezentos sapatos de salto alto é claro! Afinal sapatos, nunca parecem demais, em um armário de uma vaca normal, não é mesmo ? Sob esse fútil enfoque, às vezes penso, que deveria ter nascido centopéia ao invés de uma vaca!

22 Comentários:

Blogger Ana Paula disse...

Ah, os sapatos de salto alto. Eu uso! Eu amo! Basta olhar de novo minhas comunidades no Orkut pra ver que minha admiração é sincera!!!
De saltos a vida fica mais bonita, vista do alto. As pernas ficam mais bonitas. A postura fica show. É claro que acabo não podendo dar bola para a maior parte dos homens, pq fico com mais de 1,80m, E nem sou das mais altas. rs rs rs...

Meu último sei lá o quê ama minhas botas... E tem altura pra suportar qq altura de salto. Que lindo, que perfeito!

Bem lembrado, amiga. Vacas devem sempre andar de salto. Rasteririnhas? Só Havaianas. Tênis? Só em ocasiões propícias.

Beijo!

13 de agosto de 2007 11:08  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

Isso é fetiche, gente!
Tive um namorado , que adorava tanto meus pés (e sapatos) que me pedia pra subir em cima dele e pisar nele (literalmente!), de salto e tudo.

E antes de qualquer prática mais picante, tudo começava a beijar-me os pés, com sapato de salto e depois sem...

E quer saber? Sinto falta desta prática... HUMPF!

13 de agosto de 2007 11:13  
Blogger Ana Paula disse...

Lady, Lady! rs!
Bem que eu desconfiava, hahahahaha!

13 de agosto de 2007 11:17  
Blogger Fabi disse...

Lady, se entregou agora.Hahahahahah

13 de agosto de 2007 11:25  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

Juro gatchinhas! É delicioso, viu?

Ele beijava o sapato, tirava, beijava meus pés. Massageava meus pés por horas. Horas a fio!

E juro, eu PISAVA nele! Ele deitava, eu subia em cima! E andava como se ele fosse um tapetinho. Era massagem! Mas isso é coisa de um passado longínquo.

Hj sou dada a coisas ortodoxas e tal!

*Fecha esta matraca lady Newton!

13 de agosto de 2007 11:32  
Blogger DM disse...

Lady, lady, lady, sapatos são puro fetihe, dependo do estilo, dá até para tomar champagnhe neles !!!

De salto alto e meio-despida ??? Não há boi que resista ...

Em meu curral particular, sapatos são tudo .... O boi é fetichista de pés femininos ! HÁ HÁ

13 de agosto de 2007 13:20  
Blogger Ricardo Rayol disse...

Apesar do fetiche acho de extremo masoquismo uma mulher equilibrada num salto alto, dá uma pena danada.

13 de agosto de 2007 13:40  
Blogger Wolverine Logan disse...

Lady
Voce é gatissima, até eu topava um pisoteio básico. Antes que seja mal interpretado isso é um elogio e não uma cantada.
Vaquinhas
Podem caprichar no visual e no salto que a classe masculina agradece muito, sem medo de que os caras vão ficar intimidados se ficarem mais altas, macho que tem pegada não fica com medo de uns cm a mais!

13 de agosto de 2007 13:54  
Blogger Ana Paula disse...

Gentem... Tomar champanhe no sapato? Eca!

Tô mais pras mais ortodoxas, Lady, sem dúvidas... Mas acho muito digno, cada um na sua! rs

Não entendo o fetiche por pés, só o por sapatos!

Ricardo, andar de saltos, para quem sabe não é masoquismo, é natural. Mas requer prática.

Wol, eles não ficam intimidados, não, eu sei...

13 de agosto de 2007 14:49  
Blogger Avassaladora disse...

Hummmm, eu adoro o salto alto! E como o meu bovino é bem grandão, não tenho problema nenhum, posso usar os mais altos que ainda assim fico a pequenininha dele...hehehhe

13 de agosto de 2007 14:54  
Blogger Eu e Ela disse...

Eu amo salto, sabe que me sinto mal de rasteirinha, parece que estou indo a feira ou supermercado, tive que aderir por lá, uma vez quase fui expulsa do mercado pelas vacas que tinham seus bois acompanhando as compras.
Mas que é gostoso é.....
Bom tenho 1,70 dependendo do salto chego a 1,80, nem me importo com os mais baixos, tomo apenas cuidado quando vou a alguma cerimonia com o boi do curral, ele xia, é da minha altura sem salto, kkkkkkkkkkkkk
Não estou bem se não estiver pelo menos a 3cm do chão.
Bjs

13 de agosto de 2007 15:11  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

Wolverine: Muito grata! Lisongeada pelo elogio! *fiquei até vermelha*

Aninha: Sinto falta das massagens e dos beijinhos no pé! E das lambidinhas e tudo!

DM: Gatchinha! Não é tudo um homém podólatra? Eu adorava. Era tão delicioso qdo ele ficava reparando nas unhinhas, no creme q eu passava...ai, delírio!

Esse post ta puro fetiche! UHU!

13 de agosto de 2007 20:10  
Blogger Thiane disse...

Sou louca por sapatos. Mas agora que vou trabalhar a pé tenho que usar saltos mais baixos porque as calçadas de São Paulo detonam tudo.

13 de agosto de 2007 22:10  
Anonymous Beth disse...

Hahahahahahaha

Eu tinha um professor que reclamava dos meus saltos altos. Ele me olhava e dizia: você tem que usar sapatos altos? Eu tirava os saltos em pleno corredor da faculdade. hahahahahaha e ainda dizia: tá bom assim teacher?

Mas me sinto linda e chique e bela de qualquer jeito. E tênis e rasteirinhas nunca foram problema para mim. Na verdade, eu me visto para mim. Tô nem ai para ele, ou eles. Não vou à luta, se quiser que venha atrás.

Recentemente eu fui de leggin, tênis all star e uma camisetinha ao cinema com o bofe ... e ele ainda disse que adora meu all star, me deu um all star cano longo e camuflado de presente e ainda disse que o perfume era o item essencial. Ahhhhhhh que fofo! Homem apaixonado no fundo é besta de qualquer jeito.

Mas gente, na boa? Tem mulheres que são chiques naturalmente, outras nem com salto adianta.

beijossssssssss
estava com saudades de postar, mas lendo sempre e sempre.

13 de agosto de 2007 23:40  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

Aninha, gatchinha!

fetiche por pés é super normal sabia? Tem homens que não admitem, mas reparam muito nos pés da gente. Os podólatras apenas extravazam mais isso.

Por exemplo: Nós mulheres não gostamso mais de determinadas partes do corpo? (eu por exemplo, adoro dentes e nariz)

No caso dos "podos" eles gostam do pé. Mas a coisa tem q ser equilibrada né? Nem de mais, nem de menos! O engraçado é que uma vez tendo um trelelê podólatra nunca mais vc vê seus pés como antes. O cuidado fica triplicado!

14 de agosto de 2007 09:40  
Blogger Beth Santana disse...

Lady
Homem com dentes feios nem rola neh? Nesse ponto eu procuro escolher como se um cavalo fosse.

Ahhhhh minha filha...se o podo for depender de mim está ferrado, se o candidato a alguma coisa ficasse mirando meus pés eu estaria ferrada. Pés de atleta + alguns anos de escolinha de jazz ....... hummmm só se ele gostar de calinhos.

kkkkkkkkkkkkkkkk

14 de agosto de 2007 11:18  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

Ah Beth, como se fosse cavalo não, mas eu faço uma inspeção na dentição do menino sim! Adoro!

Ja namorei um dentista tb, então já estive do outro lado da berlinda!

Agora pé...TODA semana é sagrado fazer as unhas dos pés e mante-los sempre macios e fininhos com hidratante e tal. Virou mania!

14 de agosto de 2007 11:33  
Anonymous Loulou disse...

Bom, me senti na obrigação de defender as amantes de sapatos baixos. Eu opto pelo conforto. Só uso salto (pouco) alto em ocasiões muito formais. Acho que usar salto alto é uma prática desnecessária. Ora, existem muitas outras maneiras de "fazer um carão", pra que sofrer? Isso me lembra as mulheres de pés pequenos, da China, que amarravam os seus pés até que eles ficassem distorcidos e até mesmo necrosados, mas diminutos, só pra mostrarem sua beleza e alta linhagem. Gente, estamos no século XXI! Há quem diga que se sente totalmente à vontade do alto de um saltão, mas acho que é desculpa esfarrapada. Então vá caminhar numa rua de Ouro Preto, numa ladeira, ou tomar um ônibus e depois me diga se é confortável!
Pessoalmente, prefiro me sentir verdadeiramente à vontade, me jogar numa pista de dança sem ficar com os pés doendo ao final da noite e mantendo a elegância. Sim, eu não deixo de ficar elegante e 'empinadinha' só porque não uso salto. Os podólatras que me desculpem, mas conforto é fundamental. As mulheres que usam salto para conquistar homens que me desculpem, mas ter personalidade é fundamental.

14 de agosto de 2007 23:06  
Anonymous Beth disse...

Loulou

Muito bem lembrado dos ônibus, das ruas de ladeira de Ouro Preto. Acrescento a minha rotina nos buracos na Lapa, no Centro do Rio de Janeiro, ou nas ruas de pedra na minha querida São Tomé das Letras. Ou dos anos em que andava de trem.
Tb não tenho esse xodó todo com saltos altos...nem pensar. Por causa deles fiquei com um pequeno encurtamento muscular e sofro, sofro alguns bons minutos alongando minha perna nas aulas de pilates. Salto alto só quando for extremamente necessário. Bom comentário. Obrigada por defender as esportistas, estudantes, dançarinas e estabanadas. Realmente, o brilho pessoal nas conquistas, independe de saltos.

Lady = acho que fazer as unhas semanalmente cuidar dos pés com massagens e cremes hidratantes também é questão de higiene e saúde. Vc sabia que nos pés estão o funcionamento de boa parte de nossa equilibrio organico? Uma simples pressão no calcanhar, no ponto exato, alivia você de cólicas horrorosas?

Os misticos, os acunputuristas, enfim, costumam dizer que os pés e as mãos são o grande canal de entrada de energia, o enraizamento da matéria. Ja reparou como as mães protegem os pés e as mãos dos filhos recém nascidos? E ele ainda dizem: quer conhecer a criança que existe em alguém? Faça-lhe cócegas nas solas dos pés!

cuidem dos pés!

15 de agosto de 2007 01:45  
Anonymous 1ª Lady Newton disse...

Sapato de salto deve ser usado nas situações corretas. Eu nunca seria tão imprudente a ponto de andar nas ruas de Ouro Preto ou caminhar no Ibirapuera de salto.

Mas meu trabalho exige que eu os utilize todos os dias e sem distinção de como chegarei até o trabalho. Nos dias em que eu não venho de carro, obviamente que chego parapetada num lindo tênis de caminhada, que é substituído antes mesmo de entrar no elevador por scarpins salto 7,5!

Nem é fetiche, nem é sedução, nem é frescura. É a necessidade do Dress Code onde trabalho. Vc acaba se acostmando e por vezes chego a sentir dores nos pés quando estou sem saltos, com sandalinhas mais rasteiras. Que tb uso, quando manda a ocasião.

BETH: Este meu Ex q gostava de pés sabia tudo de DO-IN! Era maravilho como ele me fazia dormir bem massageando pontos específicos do meu pé!

Nunca mais achei um namorado que gostasse tanto de fazer massagem que nem ele, viu?

15 de agosto de 2007 07:19  
Blogger DM disse...

Queridas quanta polêmica, por causa de um salto... Evidente que para caminhadas principalmente nas ruas do Brasil, é impossível andar de saltão ... e sapatos mais confortáveis, não uso saltão na praia por exemplo, nas ruas de Ouro Preto então nem pensar, pensando em conforto e beleza, os estilistas até que facilitaram as coisas para nós, há hoje no mercado rasteiras e sapatos mais baixos lindos ...
Agora nenhuma vaca ouse me dizer, que um bom salto não tem charme e um certo frisson, e que se fica muito mais elegante com eles !!!

Democracy rules, até para sapatos meninas !!!!
Pés e mãos sempre dia, questão de necessidade e da mais pura higiene!
Beijos em todas!

15 de agosto de 2007 07:53  
Blogger Ana Paula disse...

Lou Lou, mesmo não sendo a dona do post... É que adoro me meter onde não fui chamada! rs
Sem radicalismos, cada um com as suas preferências. Nem tanto à terra, nem tanto ao mar. Tem hora e lugar adequado para todo o tipo de sapato.
E viva a democracia!
Beijos e volte sempre!

15 de agosto de 2007 10:30  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



 

 

Um olhar feminino sobre o universo... digamos, bovino. Mulheres falando da vida e de outras mulheres.
Mulheres explicando às outras que, querendo ou não, somos todas umas vacas!




A calma alma má
A cor da letra
Adão Braga - Corpo, alma e espírito
Adão Braga - Conectado
Aletômetro
All Racing
Apoio Fraterno
Ansiosa e prematura
Avassaladora
Banana com peperoncino
Bomba MH
By Oscar Luiz
Coisas e tralhas - Mutumutum
Colóquio
Concerto em Dó Menor
Conversas furtadas
Eu sei, mas Esqueci
Eu sou garota?
Fábio Centenaro
Geek Chic
Gothicbox
Hipermoderna
Immortal lust
Instant Karma
Isso é Bossa Nova!
Irmãos Brain
Jornal da Lua
Juarez, o cabrito montês
Limão Expresso
Luz de Luma, yes party!
Jogando Conversa fora
Mas, bah!
Mais atitudes
Matérias repugnantes de um brejo
Melica
Memórias póstumas de um puto prestimoso
Meu cantinho
MOrsa sem pelo
Mulher é tudo bandida
Mulher Remédio
Neuróticos modernos - Filosofia mequetrefe
O estranho mundo de Mila
Oncotô?
Os pensamentos de eu e ela
Paola, a estranha
Papo de buteco
Pensar enlouquece, pense nisso
Pererecas em chamas
Pérolas políticas
Remembrança
Saber é bom demais
Sem frescura
She's like the wind
Sinceros receios
Smile
Sobre sapos, pererecas e afins
Somos todos uns cachorros
Sou para-raio de doido
Uma mente nada brilhante
Van Filosofia
Vertente
Wolverine responde



Fevereiro 2007

Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Dezembro 2009
Março 2010





Powered by Blogger



eXTReMe Tracker