quarta-feira, 29 de agosto de 2007

Vaquinhas, sapatinhos de cristal e sexo casual

Estou com isso na cabeça há dois dias. Nem era para eu estar escrevendo aqui agora, que tenho um monte de coisas para fazer, escrever e ler... Mas tenho que tirar isso da cabeça agora. E para mim, o melhor meio de tirar algo da cabeça é escrevendo...

Bom, para início de conversa, quero avisar de cara que sou contra falar de sexo de graça aqui nas Vacas. Me parece uma maneira fácil de ganhar page views... E vou avisando também que esse assunto já esteve por aqui outro dia desses, quando a DM postou sem querer aqui uma resposta pro HCL, ao invés de postar lá nos comments dele (o Sting não é gay, o Sting não é gay!). Só que não dei minha opinão. Pronto, agora vocês já têm uma idéia básica do que se trata. Vamos lá.

Anteontem me perguntaram se eu era contra sexo casual. E eu disse que não. Por que ia mentir? Não sou mesmo, ora. Mas no momento em que a resposta saiu, me arrependi. Maldito complexo de Cinderela! Detesto me sentir mal-interpretada... Fiquei pensando que o cara deve ter pensado que eu era uma vaca da espécie piranha. Uma vaca-bunda... Tenho mais idade para me sentir assim, não.

Então vou me explicar, ainda que para mim mesma, aqui. As vacas são criadas - ainda - com esse baita complexo de Cinderela. Somos fortemente encorajadas a esperar por nosso Príncipe Encantado. Dar para ele? Só depois do sapatinho de cristal no pé e da aliança no dedo esquerdo. Na prática até fazemos o contrário escondidinho, mas muitas matêm a aparência de virginais vaquinhas. Pô, agora me expliquem: pra que isso? Por que sentir desejo, então? Pra reprimir? Ah, fala sério. Era melhor que não viéssemos com esse opcional de fábrica. Claro que não estou dizendo que toda vaca agora deve liberar e dar mais do que chuchu em pé de serra. Não! Seletividade rules! Talvez o problema esteja na falta de palavras melhores para etiquetarmos a coisa. Sexo casual. Dá a impressão que encontrei um cara na rua casualmente e ainda mais casualmente disse: vem que eu tô a fim de transar agora. Não é bem assim. Não deveria ser, pelo menos. Se vacas são seletivas com a marca do sabonte que usam, por que não o seriam ainda mais com o parceiro?

Para os defensores do sexo com amor... É lindo. Delícia, não é? Segundo dizem por aí, capaz de fazer sentirmos até experiências verdadeiramente espirituais. Beleza! Mas e quanto aos outros 364 dias do ano? E quem ainda não encontrou seu amor? E quem nunca vai encontrar, entra pra um convento ou passa a vida a beliscar azulejos? Não acho que a coisa seja bem assim.

E esse assunto me leva a pensar em outro. O dilema de quase toda mulher: dar ou não na primeira noite. Acho isso uma bobagem só. Tá a fim de dar? Dá, pô. Se o cara sumir, agradeça aos Céus. Era um babaca e não servia para você.

Pronto, falei o que estava me engasgando.

Blogged with Flock


24 Comentários:

Anonymous 1ª lady newton disse...

AP, gatchinha da titia Lady!

Tô tão orgulhosa de vc! Vc sabe muito bem minhas opiniões né? Ô se sabe...

Acho q vc já disse tudo e que está incrivelemnte bem resolvida agora! Hipocrisia é uma coisa triste. Homens hipócritas então, que dizem q mulher q dá no primeiro encontro não serve pra namorar, tá cheio!

Mas quer saber? A vontade é de ambos, o desejo é de ambos, o prazer tb será dividido. Selecionam-se as pessoas com quem dividir este momento, mas não se deve desperdiçar o momento. NUNCA!

E se achar q eu não sirvo pra namorar depois, me livrei de um grande machista! Deus seja louvado!

Muito franca? Acho digno fazer a coisas com responsabilidade e intensidade. Uma noite boa, pode virar uma grande histórinha legal. Só depende da forma de encarar a situação.

SEX ALL NIGHT LONG RULES.
SEX ALL NIGHT RULES!
SEX RULES!

29 de agosto de 2007 11:32  
Blogger Van disse...

Ai ai ai..... Amore!
Desabafos à parte, acho que você deveria ler um blog que eu ando lendo. O da Barbarella. Tem um post lá que vai de encontro ao que vc reclama aqui. Esse protesto é antigo: não confundirem liberdade com vulgaridade. Vou ver se acho o link e te passo, senão, dê uma passada lá depois. É um blog erótico, não se espante, mas ela fala despudoradamente sobre aguns tabus, incluindo esse do complexo de Cinderela. Vai lá: www.barbarellabela.blogspot.com
E Não! Não tô ganhando nada pela propaganda gratuita. hahahahahahaha Apenas achei que combinava aqui.
Vou atrás do link do post e volto pra te dar (opa! Dar??? No sentido literal, tá? Não vá se empolgando!) hahahahahahahahhaa
Putz! Acordei besteirenta hoje! Desculpaí!

Tenho novidades: vou tocar aí no Rio! Fechamos o show ontem. Num congresso de Medicina (Otorrinolaringologia). Será em dezembro, no aterro do Flamengo, parece que numa churrascaria chique daí: Porcão é isso? Bom... "Pode ir armando o coreto e preparando aquele feijão preto" que eu tô indo, baby! hahahahahahahaha Cantar na cidade maravilhosa vai ser tudo de bom, heim?

Beijucas, amores.
Tô prolixa hoje, falei bagaraiiii, sorry!

29 de agosto de 2007 11:33  
Blogger Van disse...

Pronto, baby.....
Voltei com o link. Divirta-se:
http://barbarellabela.blogspot.com/2007/08/procura-se.html

Beijuca

29 de agosto de 2007 11:35  
Blogger Ana Paula disse...

Van, amore, já conheço o blog da Barbarella, vou passar para ler, sim. Obrigada!
Ueba!!! Você vem tocar aqui!!! Será que vou poder ir? Quero dizer, o Porcão é aberto ao público... Van in Rio, show!!!

Ladynha! Tá orgulhosa da dindinha, né? A minha opinião é exatamente igual à sua: somos phynnas, mudernas e italianas de Milano e nada hipócritas! E tenho dito!

29 de agosto de 2007 11:40  
Blogger Ricardo Rayol disse...

Vamos por partes particionadas

Você não deve explicações, se o cara pensa algo errado ele que se foda.

Já não tenho idade para sexo casual sem um minimo de envolvimento. Acho bizarro comer a maior gostosa só por que é gostosa, pode ser a maior do século mas me dá uma vontade de me mandar rapidinho se não tenho nenhuma afinidade.

Hipocritas existem sim, aos montes, e levam isso para depois do casamento, quantos caras não transam com suas mulheres pela porta de trás (ahahahaha isso que dá ser blog familia) mesmo que elas gostem só por que acham coisa de puta?

E por aí vai.

29 de agosto de 2007 12:39  
Anonymous 1ª LADY NEWTON disse...

Rayol,

Tem uma diferença entre sexo casual e sexo POR SEXO!

Sexo casual não é transar com uma gostosa sem nenhuma afinidade. É aquele sexo que vc faz com alguem q se identificou, que gostou, que acha super bacana, mas que não vai ter um comprometimento mais aprofundado, simplesmente porque é cedo para tal ou por concordancia de ambas as partes.

Isso aí q vc falou é sexo por sexo! Nada contra mas é diferente do sexo casual citado no texto.

Beijuca!

29 de agosto de 2007 13:20  
Blogger DM disse...

Pois é gente, assunto polêmico esse... De fato fomos criadas, ainda no século XXI, para seremos cinderelas ... Mas poucas vacas de atualmente chegam cinderelas ao casamento ... Depois da invenção do anticoncepcional, saímos da clausura, graças a Deus, e podemos então usufruir do sexo, igual aos homens, mas sempre bate umas culpas por causa da nossa criação retrógrada ...Problemas que eu diria que se resolvem em definitivo, depois de algum chão ... Concordo com AP, as vezes se leva um tempo para achar o tal príncipe, e problema nenhum em ficar experimentado os que apareçem pela frente até se achar o ideal ... Os bois invariavelmente fazem isso ...
Quanto a "dar" no primeiro encontro ? Problema nenhum também, se foi bom, muito provavelmente terá BIS, se não, simplesmente foi .... Só que para isso também tem de haver um pouco de seletividade... Em tempos de AIDS e outras coisas, é sempre melhor saber um pouquinho do parceiro eleito para a tal "bimbada" casual, serve também de experiência na área, e nos conduz a buscar melhores parceiros ...

Já li aqui em algum comentário, que bois nã gostam muito de vacas muito rodadadas ... Mas de vacas que entendem da coisa, certamente todos gostam !!! Por isso acho os bois paradoxais na questão e não nós ... Em um passado não muito longe, eles só casavam com as virgens ... Pelo menos agora, a coisa evoluiu um pouquinho, né ?

Portanto, não sejamos hipócritas, sexo é sempre bom para tudo mundo, mas até prá isso se precisa ter cabeça ... Por favor, sem trocadilhos, tá ?

29 de agosto de 2007 13:20  
Blogger Fabiana disse...

Ana, esse lance é dificil e ser mal interpretada tbm. O pior é o cara se achar esperto e interpretar o que vc diz a cada hora de acordo com o q é melhor pra ele.
Sou a favor do sexo casual sim, e nao vejo problema algum. E sexo casual tem um certo grau de envolvimento. Não tem nada com esse lance de olhar na rua e dar.
Dar no primeiro encontro? Claro. Dar é bom e deve-se dar sempre, principalmente oportunidade de amar. E apoio totalmente agradecer aos ceus quando o babaca q vc deu no primeiro encontro some. Que suma logo e nao me alugue por muito tempo.
bjk

29 de agosto de 2007 13:44  
Blogger Ana Paula disse...

Ricardo, por dever de justiça: não tenho a menor idéia do que o cara pensou... Se achou estranho, sequer demonstrou. Eu quis falar por mim e para mim...
E, ah, sim, tem um monte de homens hipócritas por aí. E vacas também.

Lady, faço minhas as suas palavras!!! Sexo casual não é sexo por sexo!
Amiga DM, concordo, sim! Enquanto não achamos os príncipes, nós vacas solteiras e descomprometidas, devemos fazer test drives!
Mas amiga, vale a pena frisar que ter experiência não quer dizer ser rodada, não é? rs

29 de agosto de 2007 13:44  
Blogger Ana Paula disse...

Fabi, eu você e a Lady pensamos muito igual nesse ponto... Portanto, corremos o mesmo risco de sermos mal-interpretadas...
E que os babacas de nossas vidas sumam sempre logo sem nos alugar!

PS: Não estou em casa... Tô sem msn, caso vc me chame! rs

29 de agosto de 2007 13:47  
Blogger Claudio disse...

Vc me fez lembrar uma pergunta que foi direcionada ao Pai Xoxó em um post lá no JCF. Queriam saber se a mulher deveria dar no primeiro encontro.

Pai Xoxó, que é luz, deu a seguinte resposta: Dê sim, porque mesmo que você não dê, ele vai dizer para todo os amigos dele (e seus) que te comeu mesmo.

Acho que é por aí. Não acho que você deva se importar com a opinião dos outros. Já viu que eu também sigo a linha Richard Bach da Fabi, né?

E sexo causual é normal de acontecer se houver uma afinidade entre os dois. Nem a vaca é piranha e nem o boi é canalha.

E para terminar, sexo é sexo e amor é amor, embora eles possam (de preferência) estar juntos na relação, mas não há obrigatoriedade disso.

Nossa...foi quase um post, né?

bjs

29 de agosto de 2007 13:58  
Blogger Claudio disse...

Só agora li o comment do Rayol e tõ morrendo de rir com a tal "porta de trás".

Não é a toa que sou fã dele...e de cs tb (não fiquem com ciúmes).

bjs

29 de agosto de 2007 14:02  
Blogger André Moinhos disse...

Primeiro:

Que se fodam o que os outros pensam. O importante é fazer o que quer, é o hoje, o agora. Se deu tesão no primeiro encontro, dá ué!
Nossa sociedade é muito arcaica quanto a isso.

Segundo:

Sexo casual é bom para ambos. Quando um não quer dois não brigam.
Se quer ligar no dia seguinte, liga.. mas se o cara sumir, vou parafrasear alguém aqui que disse que ele é um babaca.

Viver sem pensar o que os outros vão falar. Isso sim é digno. Eles não pagam nossas contas!

Sexo é bom, amor é ótimo e orgasmo espiritual eu nunca provei! Merda!

ORGASMO ESPIRITUAL RULES!

Beijocas

29 de agosto de 2007 16:58  
Blogger Ricardo Rayol disse...

Ok ok confundi sexo por sexo com sexo casual. confundi? ou não?

29 de agosto de 2007 17:14  
Anonymous Adão Braga disse...

A luta contra o 27 menos 14 é muito díficil mesmo... e para as vacas, reconheço que há muitas regras, e muitos conceitos envolvidos.

Bois que fazem isto são machos, estão agindo de acordo com sua natureza

Vacas que eventualmente agem assim, são vaca-bundas, são exemplos a ser banidos, infelizmente, vivemos ainda na época da hipocrisia social,

Mas, o 27-14 tortura!!!

29 de agosto de 2007 17:24  
Anonymous 1ª lady newton disse...

Tb quero ORGASMO ESPIRITUAL!

UEBA!

IT RULES!

29 de agosto de 2007 17:46  
Blogger Ana Paula disse...

Claudio, obrigada por dividir a luz de Pai Xoxó comigo! Mas eu não me importo muito com o que pensam de mim, não... Não muito.

Rayol é um cavalheiro e sabe que esse é um blog família!

André, concordo com tudo. quanto ao orgasmo espiritual... Dee ser coisa para poucos, escolhidos e evoluídos, não para meros mortais como nós...

E aí Ricardo, confundiu ou não?

Adão, o que seria 27-14??? Como posso comentar sobre isso?

Lady, Lady, Lady. Isso é para poucos escolhidos. Somos mortais... rs

29 de agosto de 2007 18:08  
Anonymous Erika disse...

Olha, eu acho o seguinte, se a pessoa prá quem vc disse que é a favor de sexo casual pensar que vc é uma vaca-bunda (adorei vaca-bunda.. ahaha) que se f***-se cum força, né, não.. porque tem uma cabecinha do tamanho dum bago (o dele, provavelmente) que não serve prá nada.

To assinando alí na linha pontilhada do seu desabafo... e (trocando sexo por sexo, por sexo casual) to assinando tbm no do Rayol.

E azar de quem pensar qualquer outra coisa de mim, que não seja que eu falo mesmo e nem quero saber.

Beijos AP

29 de agosto de 2007 18:17  
Blogger DM disse...

É isso aí gente, sexo tem de fazer quando a vontade pintar em ambos e pronto, o resto é o resto !!!
De uma vez por todas, sou mortal e já tive espirituais ... vocês certamente chegarão lá, com o cara ou a vaca certos .... !!! Portanto continuem tentanto ALL NIGHT LONG !!!!
Também não entendi Adão, 24- 14 ? que papo é esse ?

29 de agosto de 2007 18:37  
Blogger Ana Paula disse...

Erika, coitado do cara que me perguntou... Não sei o que ele pensou... Mas a minha resposta me fez pensar... Beijos!

Ah, DM, continuo rindo ao ver uma das minhas duas amigas agnósticas falando sobre orgasmos espirituais... E a outra lá em cima pedindo, hahahaha!

29 de agosto de 2007 18:47  
Anonymous Adão Braga disse...

É o seguinte meninas, sexo casual, pode sim acontecer, e acontece, porém creio que a contagem de 27-14 ajuda bastante para que ele ocorra...

Sua próxima menstuação, vamos supor, que será no dia 27.
Pegue 27 e diminua 14.
Ficará assim: 27 - 14 = 13

Então o 13º dia é quando você estará mais fértil. E por conseguinte, neste período,(Época de acasalamento) seja o melhor momento para um sexo casual.

Dúvidas... coloquei lá no Adão Braga - Conectado!

29 de agosto de 2007 22:44  
Blogger Ana Paula disse...

Adão, vc é doido, cara! rs

29 de agosto de 2007 22:53  
Anonymous Adão Braga disse...

AP, posso até ser, mas, talvez seja como aquele doidinho lá da Paoa, tô sabendo o que digo!!!

ha ha ha

Grato pelo reconhecimento, já é uma evolução em relação ao retrógado da DM... ha ha ha ha

Loucos e Gênios
Amor e Ódio
etc e etc

São muito próximos...

ha ha ha

Um cheiro querida!

30 de agosto de 2007 08:40  
Blogger Beth disse...

Caraca
Que viagem do Adão !!!

Sexo Casual? Favor ou Contra? Minha amiga perguntou isso ontem para mim e eu respondi: Ahhhhhhh dá logo pô, mas usa camisinha!!!
hahahahahahahahahaha
tem que rolar quimica neh? Sei lá ....... sem quimica não rola.

Mas qual foi o problema? Não entendi!!! A essa hora da madruga fico meio burralda. kkkkkkkkk

Sabe o que acho que parece que à mulher não é permitido tecer sobre certos assuntos. Mas a mulher pode tudo - claro que pode.

Dia desses, estava com 3 amigos meio machistas no carro. Eu dirigindo e os caras falando asneiras no meu ouvido sobre suas transas psicodélicas, as meninas que pegavam e faziam. Ai para azar deles o assunto caiu em "sexo anal masculino" (não sei pq o homem não gosta de falar nisso - viram machos) --- hahahahaha. Ai a torneirinha aqui se meteu no papo dos dois e começou a falar. Pronto! o silêncio imperou no carro. Ao final eu disse:

- Entenderam pq alguns sentem prazer nessa região?

E os machistazinhos não falavam nada...Estranho neh? Pelo menos consegui dirigir tranquila até meu destino e eles ficaram mudos de repente.

Homem pode falar aos quatro ventos. Mulher tem que ficar calada.

AP vc apenas comentou sobre o assunto. Nada demais.

31 de agosto de 2007 02:35  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



 

 

Um olhar feminino sobre o universo... digamos, bovino. Mulheres falando da vida e de outras mulheres.
Mulheres explicando às outras que, querendo ou não, somos todas umas vacas!




A calma alma má
A cor da letra
Adão Braga - Corpo, alma e espírito
Adão Braga - Conectado
Aletômetro
All Racing
Apoio Fraterno
Ansiosa e prematura
Avassaladora
Banana com peperoncino
Bomba MH
By Oscar Luiz
Coisas e tralhas - Mutumutum
Colóquio
Concerto em Dó Menor
Conversas furtadas
Eu sei, mas Esqueci
Eu sou garota?
Fábio Centenaro
Geek Chic
Gothicbox
Hipermoderna
Immortal lust
Instant Karma
Isso é Bossa Nova!
Irmãos Brain
Jornal da Lua
Juarez, o cabrito montês
Limão Expresso
Luz de Luma, yes party!
Jogando Conversa fora
Mas, bah!
Mais atitudes
Matérias repugnantes de um brejo
Melica
Memórias póstumas de um puto prestimoso
Meu cantinho
MOrsa sem pelo
Mulher é tudo bandida
Mulher Remédio
Neuróticos modernos - Filosofia mequetrefe
O estranho mundo de Mila
Oncotô?
Os pensamentos de eu e ela
Paola, a estranha
Papo de buteco
Pensar enlouquece, pense nisso
Pererecas em chamas
Pérolas políticas
Remembrança
Saber é bom demais
Sem frescura
She's like the wind
Sinceros receios
Smile
Sobre sapos, pererecas e afins
Somos todos uns cachorros
Sou para-raio de doido
Uma mente nada brilhante
Van Filosofia
Vertente
Wolverine responde



Fevereiro 2007

Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Dezembro 2009
Março 2010





Powered by Blogger



eXTReMe Tracker