terça-feira, 4 de setembro de 2007

Haja fantasia

Não estou aqui para ficar comentando toda hora notícias do jornal. Daqui a pouco, de acordo com o Estadão, teria que que mudar o nome do blog para Somos todas Umas Macacas, sei lá... Mas eu estava dando uma zapeada por aí, procurando um tema relacionado a sexo para comentar aqui, como sempre, superficialmente e generalizando pra caramba. "Como??? Você não vive dizendo que isso aqui é um blog família?", vocês podem me perguntar. E eu respondo: é que ontem um amigo me disse que o blog dele só teria comentários se ele escrevesse sobre sexo ou ponto G. E eu quero ver se os comentários e as visitas aumentam se a gente falar sobre sexo. Simples assim: se acontecer, dou a mão à palmatória e admito pro amigo que está certo. Se não aumentar, certa estou eu. E eu adoro estar certa. Considerem este post uma pesquisa científica!

Então, voltando às notícias dos jornais e meus relevantíssimos comentários... Me deparei com a seguinte manchete: Mergulhe nas fantasias sexuais e revolucione seu relacionamento. Uau! Fui conferir. É um texto sobre o livro A Arte da Sedução, de Nelma Penteado. De cara fiquei de má vontade. A autora garente que, com as idéias que ela propõe no livro, é possível criar novas situações de sedução pr oito anos initerruptos. Isso, oito. Eu escrevi por extenso para não pensarem que foi um erro de digitação. Oito anos? Como assim? Comecei a fazer contas, mesmo não sendo lá grande fã da ciência da matemática... Como assim oito anos? Como ela chega a este número? Mas com que frequência se dariam essas "situações de sedução"? Todos os dias? Uma vez por semana? Uma vez por mês?

E, cá para nós, fantasia é legal pra caramba, mas não tem uns dias que tudo que a gente quer quer só o basicão? É como comer o menu-degustação todos os dias... Enjoa. Pô, tem dia que a gente quer arroz com feijão! Outra: me contradiga a mulher que se sente sedutora todos os dias. Há dias que ser seduzida é melhor. Em outros, o conforto de saber que há um parceiro ali do teu lado e as formalidades dessa esgrima de "ataque-defenda" são dispensáveis, é um luxo... Um estilo pá-pum...

Enfim, não li o livro da moça, então, não estou criticando. Só estranhando um pouco. De qualquer forma, acho louvável qualquer ação no sentido de liberação feminina. Ah, vocês sabem que não sou feminista, não é? Mas acho que ainda nos dias de hoje, nós vaquinhas somos criadas para reprimir desejos. Enquanto meninos são fortemente incentivados a falar sobre o que desejam desde pequenininhos, nós somos encorajadas a negar que queremos. Desde pequenas também. Isso é um saco... Eu tenho um bezerrinho de seis anos. Ontem ele olhou para a bunda de uma mulher e disse: "Que pandeirão!". Hahahaha! Muito engraçado. Só porque é menino. Se fosse menina... "Que é isso, isso é lá comportamento de garota direita?. Já estou ouvindo a minha mãe: "Se dê ao respeito!", pronuciada si-la-ba por sí-la-ba, para dar ênfase à lição.

Claro que as coisas estão mudando. Provas disso são as moças Lady, Carmem e Barbarella, que falam abertamente de seus desejos e - eu sei, me contaram outro dia - assustam os marmanjos de plantão.. Ela têm peito. São personagens. Mas falam publicamente do que gostam, querem. Quem não gostar? Que coma menos. Sem trocadilhos, por favor.

Lado bom da história? Tem que ter! Talvez por sermos mais reprimidas, nossas fantasias são muuuuito mais interessantes dos que as masculinas. Vão muito além do basiquinho "homem com duas mulheres" deles. Mas nem me perguntem as minhas. Não vou dizer, mas não é por ser reprimida. E eu lá sou mulher de entregar jogo fácil assim?

Quanto ao livro? Não me animei a comprar, não. Mas quem lê-lo, depois venha me dizer. Oito anos? Tempo demais...

Blogged with Flock


18 Comentários:

Blogger Fabiana disse...

Pô, oitos anos de fantasia? Cacete, depois que esse tempo passar ela lança outro que vale por mais 8 anos? Todos os relacionamentos serão dependentes da escritora.
Mas me diz uma coisa, quem é especialista em sedução? O que seduz um pode nao seduzir outro. Eu acho que livros com temas assim são unica e exclusivamente pra ganhar dinheiro da galera reprimida que assim como a tenista russa nao solta um ruido na hora que a porrada estanca.
Mas... todos têm seu valor.
Beijos

4 de setembro de 2007 14:28  
Anonymous 1ª lady newton disse...

Olha eu aqui gatchinha!

Agradeço mais uma vez pelo carinho de todo mundo. Fico contente em saber q faço parte, mesmo sem ter um blog só meu, desta família linda! É bom conhecer gente né? Já me expliquei nos comments do post abaixo, mas agradecimentos nunca são demais! Adoro vcs!

Quanto ao texto:

Post sobre sexo não dão tanto ibope assim. Tem q se bem escrito e falar de coisas legais! Começou bem sua pesquisa cientíca, gata! Muito franca: Se queria polemizar, polemizou! A questão é: A Fantasia vai de acordo com a pesonalidade. Tem fantasias q não passam de situações e outras q envolvem acessórios, uniformes (no meu caso, as togas), cheiros (eu gostava do cheiro de eugenol qdo namorava o dentista – Uh la lá!), palavras...fantasias podem ser fetichistas ou somente a incorporação da ocasião de forma tênue (como no caso das duas mulheres).

Mas acho q o importante é como vc disse: Não ser retraída. Há pessoas q comentam, outras q escondem, outras q não veem a necessidade de falar sobre isso e outras q se divertem dando pitacos e aconselhando. Mas o segredo é saber para quem se abrir e não deixar as oportunidades gostosas passarem em branco. Pessoas lindas passam pela vida da gente trazendo experiencias lindas e não vive-las por pudor (no mal sentido) é péssimo.

Como diriam os Menudos: Não se reprima!
Muito franca: Chicotes, togas, botas de salto fino, roupas de couro, tudo isso é tão digno quando a gente gosta da pessoa q está com a gente né?

LIBERTY RULES
ORGASMOS ESPIRITUAIS RULES
FETISH RULES
MORAL RULES

Da pra consiliar tudo isso, ser feliz e não ferir os bons costumes! Muito franca? Acho isso super digno!

Nossa isso ta enorme!

4 de setembro de 2007 14:49  
Blogger Ana Paula disse...

Fabi, vamos combinar que oito anos de fantasia é fantasia demais. Ai, cansei só de pensar. E se aí, depois desses oito anos vc não quiser repetir as táticas, fica realmente na dependência da imaginação da autora e da possibilidade dela lançar o volume dois... Enfim, ela publica um livro... E eu... rs

Lady, Ladynha, Leidoca. Perereca ou não, vc manda nesse curral. Poste nos comments, post no blog!
Melhorou o texto, né amiga? Aquele tava pobrinho... Então, polêmica is my middle name. Mas você... Sabe tudo fantasia, hein, nega? " fantasias podem ser fetichistas ou somente a incorporação da ocasião de forma tênue (como no caso das duas mulheres)".
Cheiros, hum, perfume, adoro... Uniformes??? Abafa o caso e muda de assunto! rs rs rs
Não podia concordar mais com você: saber para quem se abrir.

Beijos, amigas

4 de setembro de 2007 15:08  
Blogger Ricardo Rayol disse...

Bom, pela quantidade de site pornô que tem por aí não duvido... mas as coisas bizarras eu passo ahahahahaha. Gosto dos blogs da Carmen e da Barbarella, assim como todos os que tenho no letras para maiores, mas acredito q falar de secso ou não não influencia muito, a não ser que venha acompanhado dos devidos links de videos pornô. A audencia e comentários, pelo menos comigo funciona na base da reciprocidade, já experimentei, se eu publico algo novo mas não visito não tenho audiência. Uma das razões que liguei o foda-se.

4 de setembro de 2007 15:44  
Blogger DM disse...

Bem falado Ricardo, falar, ouvir e ver sexo, todo mundo gosta ... Há muita coisa de mau gosto por aí, e outras nem tanto, até apreciáveis de ler ....

Quanto a fantasias, cada um tem as suas, alguns realizam ou não, outros declaram publicamente, isso tudo vai do gosto particular de cada um .... Embora eu ache que sexo de boa qualidade, dispensa esse rol de acessórios, acho que bastam parceiros sintonizados e tudo rola as mil maravilhas sem tanta parafernália e babaquices do gênero ... Mas que essas coisas por vezes atiçam nossa curiosidade ah isso sim !!!!

4 de setembro de 2007 16:52  
Blogger Prill disse...

mas que tema nonsense pra se escrever um livro. e com um chamariz igualmente nonsense que lembra aquelas ofertas de aumente seu pênis.
sou uma vaca que curto o equilíbrio; não acho que valha a pena ficar desesperada atrás da última Cosmo que dá novíssimas 1001 dicas pra ter seu orgasmo infalível. acho que tem hora que o basicão é 10, outras que conversar é melhor, outras que produzir juntos e pra reproduzir-se. enfim.. ai.. acho que fiquei irritada.

antes de ir, domingo desses tava lendo a revistinha que vem no Jornal O Dia e me bati numa coluna bacana duma moça que mais tarde eu volto pra recuperar o nome. ela dizia que pucas coisas sao mais interessante do que obsevar e tentar entender como os homens gays conseguem flertar e criar situações de sedução com uma frequencia e criatividade absurdas. se um dos minhas amigos escreverem um livro sobre 8 anos ininterruptos de situações de sedução, eu compro.
eu volto depois, não era muito bem nada disso que eu pretendia comentar
rs

beijos, vacas

4 de setembro de 2007 17:21  
Anonymous Erika disse...

ela dá até curso.... ai, eu acho isso meio ridiculo... como livros de auto-ajuda.. quase como juntar Paulo Coelho e Kama-Sutra.. rsrs

Beijos

4 de setembro de 2007 18:15  
Blogger Avassaladora disse...

Ana Paula, andei pensando muito nesse assunto, depois que uma vaca amiga me contou que está traindo seu boi e realizando as mais mirabolantes transas da sua vida...Heheheh...
Fiquei pensando exatamente que tem dia que a gente não quer subir no lustre, que só quer usar aquele pijaminha de flanela e mesmo assim, se sentir querida e até desejada... A inovação é boa, mas cansa, como tudo na vida, o negócio é variar, um dia lustre, outro pijama... essas coisas...

4 de setembro de 2007 18:24  
Blogger Claudio disse...

Fazer blog descrevendo as aventuras da noite passada, quando gozou, se chupou, onde colocou, como tirou, com detalhes para mim não é erótico coisa nenhuma.

Como bem disse a Érika, auto-ajuda de sexo é dose. Até porque, no meu tempo, auto-ajuda de sexo era masturbação.

Falei !!!!

bjs

4 de setembro de 2007 18:31  
Anonymous Anônimo disse...

Bem... vou conversar com a minha patroa para ver se ela deseja lançar um livro para desbancar essa menina do livro ai!

Nem sempre é por fantasia...

Imaginem uma estrada sem curvas, como as que encontramos no planato central e de moto... Pois, então, ela tinha uma fantasia; Fizemos umas 4 ou 5 viagens que passamos por estradas que atendia aos desejos fantasiosos, e o que aconteceu?

Caimos na ribanceira, sair com as luvas rasgadas, ela com uma ferida na perna... acabou a fantasia!

Adão Braga

4 de setembro de 2007 19:24  
Anonymous Beth disse...

Nelma Penteado ???
Tô fora !! Até já ousei em assistir uma materia sobre um curso dela, mas é tão óbvio. Precisaria de curso? Agora tem até um livro?
Estou com Claudio e Erica!
Para sexo só precisa ter quimica e tesão ... o resto é ato, muito atos por sinal.

4 de setembro de 2007 22:28  
Blogger Wolverine Logan disse...

Ana
A Nelma penteado é aquela mulher que procurou um médico reclamando que a freqüência sexual era baixa, só 12 vezes por ano, e o doutor respondeu "uma vez por mês não chega a ser uma freqüências das piores", e ela disse "não, não é uma noite por ano só que 12 vezes nessa noite" e o doutor "eu não tenho nada pra receitar pro seu marido mas se a senhora puder me dizer o que ele toma nesse dia eu fico grato".
Desse jeito 8 anos fica facil.

4 de setembro de 2007 22:51  
Anonymous Anônimo disse...

Wolverine, eu conheço outra assim:

O filho pergunta para o pai numa loja de departamentos:

- Papai, pra que serve um preservativo?
- Para os adultos fazerem sexo seguro.
- E porque esta aqui tem dois preservativos?
- Para aqueles caçadores de sábado e domingo;
- E estes que tem 3. papai?
- Para os estudantes que saem sexta, sábado e domingo;
- E esta caixona aqui que tem 12 papai?
- Para homens casado.
- Ué paizinho, a semana só tem 7 dias.
- Eu sei filho, mas é para janeiro, fevereiro, março...

Adão Braga

4 de setembro de 2007 22:59  
Blogger Eu e Ela disse...

ja assisti entrevistas com ela, são muito boas as dicas, mas acho valida para quem tem todo seu tempo a isso, tem algumas que valem para o dia a dia mas que qualquer mulher com bom senso ja o faz. Se bem que fantasias nunca são demais, rsrsrsrsrsrs

Bom, tem um meme la no blog pra vcs, mas é para as duas.
to meio sumida dos comentarios, mas to sempre lendo.
Quando der volto com mais calma.
Bjs

4 de setembro de 2007 23:33  
Blogger Prill disse...

hahahahaha

tô adorando o debate (claudio e adão...wow!)

não me divertia assim desde... não consigo remontar, mas eu devia estar bêbada.

nada mais a acrescentar, beijos

5 de setembro de 2007 00:31  
Anonymous Angelina disse...

nossa, mas hoje em dia se faz livro sobre tudo mesmo, só pra ganhar dinheiro. 8 anos de fantasia? nossa, um pouco de realidade às vezes é muito melhor!

6 de setembro de 2007 00:08  
Blogger Van disse...

Este comentário foi removido pelo autor.

6 de setembro de 2007 11:44  
Blogger Barbarella Bela disse...

Ana Paula,
Desculpe-me. Estava usando o computador de uma amiga hoje mais cedo e ao comentar acabou saindo o nome dela ao invés do meu. Agora respondo corretamente:

Eu falo .......... E faço!
O tempo da minha avó parou lá com ela! Obrigada por citar o meu blog. Não é todo mundo que encara a leitura, quanto mais comentar. Principalmente as mulheres. São poucas as que comentam por lá. Beijos

6 de setembro de 2007 13:19  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



 

 

Um olhar feminino sobre o universo... digamos, bovino. Mulheres falando da vida e de outras mulheres.
Mulheres explicando às outras que, querendo ou não, somos todas umas vacas!




A calma alma má
A cor da letra
Adão Braga - Corpo, alma e espírito
Adão Braga - Conectado
Aletômetro
All Racing
Apoio Fraterno
Ansiosa e prematura
Avassaladora
Banana com peperoncino
Bomba MH
By Oscar Luiz
Coisas e tralhas - Mutumutum
Colóquio
Concerto em Dó Menor
Conversas furtadas
Eu sei, mas Esqueci
Eu sou garota?
Fábio Centenaro
Geek Chic
Gothicbox
Hipermoderna
Immortal lust
Instant Karma
Isso é Bossa Nova!
Irmãos Brain
Jornal da Lua
Juarez, o cabrito montês
Limão Expresso
Luz de Luma, yes party!
Jogando Conversa fora
Mas, bah!
Mais atitudes
Matérias repugnantes de um brejo
Melica
Memórias póstumas de um puto prestimoso
Meu cantinho
MOrsa sem pelo
Mulher é tudo bandida
Mulher Remédio
Neuróticos modernos - Filosofia mequetrefe
O estranho mundo de Mila
Oncotô?
Os pensamentos de eu e ela
Paola, a estranha
Papo de buteco
Pensar enlouquece, pense nisso
Pererecas em chamas
Pérolas políticas
Remembrança
Saber é bom demais
Sem frescura
She's like the wind
Sinceros receios
Smile
Sobre sapos, pererecas e afins
Somos todos uns cachorros
Sou para-raio de doido
Uma mente nada brilhante
Van Filosofia
Vertente
Wolverine responde



Fevereiro 2007

Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Dezembro 2009
Março 2010





Powered by Blogger



eXTReMe Tracker