quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

INVEJA BOVINA FEMININA

Lamentavelmente, quase todas as vacas, sem querer generalizar e já generalizando, cometem, de forma quase que habitual e corriqueira, esse venal pecado capital.

Umas vacas mais, outras menos... Mas que todas nós, quase que indistintamente, de vez em quando, e às vezes quase que “sem querer”, praticamos secretamente a inveja de nossas colegas de rebanho, isso é um fato real!

Na prática a coisa funciona mais ou menos assim: qual a vaca por exemplo, que quando esbarra com aquela vizinha, conhecida e/ou colega de trabalho, magérrima, de traseiro sempre empinado, aparência saudável e jovem, e cabelo impecável, que interiormente não se questiona: Mas o que será que essa vaca, faz que eu não faço, para andar sempre, assim? Inveja branca de grau light!

Ou então, aquela sua conhecida vaca, ainda que distante, que apesar de se tratar da antítese, do que costumamos chamar de beleza convencional, e de estar a mil léguas de distância do que venha a ser considerado uma “bovina simpática”, se encontra hoje a namorar e/ou prestes a quase que casar, com nada mais, nada menos, do que com o bovino mais cobiçado da cidade? Inveja branca de grau médio.

Tem também aqueles casos, mais do que comuns, de uma amiga vaca qualquer de suas relações, solteira, absolutamente independente e resolvida, de vida sexual agitada, intensa e variada, que de tanto comentar suas peripécias sexuais faz com que você sinta, no comparativo, como que a sua vida sexual atual, estivesse a se assemelhar a uma “infantilóide” viagem a Disneylândia? Inveja branca quase grave!

Mas deve haver sim, uma absolvição para nós vacas, dessas invejinhas corriqueiras e usuais, vez que, invariavelmente, se encontram elas, sem qualquer maldade, intimamente associadas à vaidade bovina feminina. Eis aí, outro “pecadinho”, que nós vacas, costumamos exercitar com louvor, por conta dos bois, é claro, para nós mesmas, e até mesmo para atiçar, ainda que de forma inconsciente, a inveja das companheiras de rebanho!

Inescusável mesmo, é aquela inveja preta, com matizes de roxo, maldosa, patológica e nociva, e que por vezes atinge de forma letal a vaca ou o boi invejados! Dessa aí, quero distância, e da boiada que porventura nela se consuma!

Portanto, relaxem bovinas, invejar de forma branca, mesmo no grau máximo, é da natureza humana, digo bovina, e não “dá absolutamente nada”!

Mas, não pensem vocês, que estamos sós, nessa “parada invejística”...

Nossos colegas bois, certamente devem exercer com o mesmo vigor esse pecadinho corriqueiro... Tenho por vezes, a nítida impressão, por exemplo, que eles estão sempre a invejar saudavelmente, o boi do lado que tenha o p... MAIOR que o deles! Como disse, coisas da natureza bovina...

Afinal, por essas e por outras, é que SOMOS TODAS UMAS VACAS !

6 Comentários:

Blogger Murdock disse...

Inveja colorida? Essa é nova hehehe

20 de fevereiro de 2008 21:01  
OpenID surrealismodoacaso disse...

Do p.... nem tanto, mas da "vida sexual agitada, intensa e variada" sim, e também nos sentimos gurizinhos a caminho do Beto Carreto World.

21 de fevereiro de 2008 01:24  
Blogger Ana Paula disse...

Minha amiga, bom dia! Morri de rir com os matizes de inveja.
Eu ando numa fase mais de despertar aquela preta/roxa do que sentir... Não que seja uma diva, ou bem-sucedida ou algo do gênero. Mas vai entender a cabeça do povo... Isso me causa montes de problemas.Como diria a sabedoria popular... A inveja é uma merda, hahahaha!
Beijos. Mande notícias!!!

21 de fevereiro de 2008 08:21  
Blogger DM disse...

Murdok - Esse ano resolvi, ver o mundo,com tudo de bom e ruim que ele tem, de forma colorida !

Surrealismo do acaso: Querido, apesar de sua inveja andar em baixa, cuidado a Luxúria, também é um pecado capital, portanto moderação ...

AP - Querídissima, ando a mil ... Se qualquer vaca sentisse inveja, ainda que branca de mim... eu a consideraria insana ... HÁ HÁ HÁ.... Meu bronzeado foi embora, to cheia de trabalhos pendentes, a empregada faltou, o bezerro briga para estudar, enfim uma celeuma bovina ... Mas to dando conta ...
Ausência do blog, não propositada ... Fico feliz que você anda invejadíssima ... desde que esta, não te contamine, é claro, só pode ser coisa de vaca-ex, conheço bem o perfil!!! Convivo com este tipo de inveja há apenas doze anos, e dá prá tirar d e letra, só que as vezes a gente perde à paciência !!! Beijos Lindona !!!!
Beijos

21 de fevereiro de 2008 14:17  
Anonymous Beth disse...

Inveja???
Minha musa e vaca-mor DM...olho de boi atras da porta e muito epê-pe-ó....xô ebó !!!!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
beijos

22 de fevereiro de 2008 13:46  
Anonymous Anônimo disse...

Se vc quer ser vaca, seja sozinha... Não me inclua nesse meio...rsrsrs
Beijos...

3 de março de 2008 16:04  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



 

 

Um olhar feminino sobre o universo... digamos, bovino. Mulheres falando da vida e de outras mulheres.
Mulheres explicando às outras que, querendo ou não, somos todas umas vacas!




A calma alma má
A cor da letra
Adão Braga - Corpo, alma e espírito
Adão Braga - Conectado
Aletômetro
All Racing
Apoio Fraterno
Ansiosa e prematura
Avassaladora
Banana com peperoncino
Bomba MH
By Oscar Luiz
Coisas e tralhas - Mutumutum
Colóquio
Concerto em Dó Menor
Conversas furtadas
Eu sei, mas Esqueci
Eu sou garota?
Fábio Centenaro
Geek Chic
Gothicbox
Hipermoderna
Immortal lust
Instant Karma
Isso é Bossa Nova!
Irmãos Brain
Jornal da Lua
Juarez, o cabrito montês
Limão Expresso
Luz de Luma, yes party!
Jogando Conversa fora
Mas, bah!
Mais atitudes
Matérias repugnantes de um brejo
Melica
Memórias póstumas de um puto prestimoso
Meu cantinho
MOrsa sem pelo
Mulher é tudo bandida
Mulher Remédio
Neuróticos modernos - Filosofia mequetrefe
O estranho mundo de Mila
Oncotô?
Os pensamentos de eu e ela
Paola, a estranha
Papo de buteco
Pensar enlouquece, pense nisso
Pererecas em chamas
Pérolas políticas
Remembrança
Saber é bom demais
Sem frescura
She's like the wind
Sinceros receios
Smile
Sobre sapos, pererecas e afins
Somos todos uns cachorros
Sou para-raio de doido
Uma mente nada brilhante
Van Filosofia
Vertente
Wolverine responde



Fevereiro 2007

Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Dezembro 2009
Março 2010





Powered by Blogger



eXTReMe Tracker