sexta-feira, 9 de maio de 2008

VACAS E BOIS APAIXONADOS PODEM VIRAR TROUXAS ?



Já disse aqui, e repito: Estar apaixonado por um boi ou uma vaca qualquer, é o melhor estado de espírito que se pode experimentar nessa nossa curta existência bovina, obviamente quando uma “paixão” é plena e proporcionalmente correspondida. Caso contrário, o bovino ou a bovina “apaixonados”, podem vir a sofrer, e muito, ou ainda literalmente ficarem em maus lençóis, para não dizer coisas piores ...

Mas uma coisa, é mais do que certa: Quando vivenciamos esse especialíssimo e enebriante estado psicológico de absoluta “paixão” por um ente bovino em qualquer fase da vida, experimentamos sensações prazerosas de todo o gênero, especialmente as tidas como cerebrais. Ou seja: Aquelas especialmente relacionadas a “alma” bovina. É mais do que inquestionável, que quando protagonizamos uma ”tórrida-paixão-bovina”, a vida pessoal de qualquer bovino(a), se torna mais leve, e parodoxalmente agitada, e tudo isso concomitantemente. Aliás, acredito piamente que quando nos apaixonamos de fato por alguém, e uma vez entregues a tão avassalador sentimento, obramos por nos sentir mais vivos do que nunca, alertas e sedutoramente receptivos e motivados para vida e para o mundo ! Puro deleite bovino !!!!

Segundo especialistas no ramo da "paixonite bovina", todos esses prazeres físicos e psíquicos oriundos de qualquer “paixão”, ainda que seja esta clandestina, advém da produção de uma certa substância química, conhecida por “seretonina” ativada e produzida em maior quantidade pelo cérebro bovino. Muito provavelmente, deve ser esta substância também, quem sabe, a grande responsável por toda a sorte de prazeres bovinos, sejam eles físicos ou espirituais.

Sendo assim a paixão bovina indubitavelmente nos conduz a esplendorosa e aspirada equação, tão almejada e perseguida: tesão + sensação de aconchego + plenitude de alma = BOVINOS MAIS DO QUE FELIZES E REALIZADOS !

Mas, nem tudo é sempre flores nesse cenário lúdico e instigante da paixão bovina! Vou me permitir aqui, bradar, um sonoro e efusivo: BOSTA !
(-Peço perdão pela exaltação da Vaca! - Mas porque, hem ? Que em tudo na vida sempre tem de haver um desagradável e mais do que broxante “MAS” ? - Sempre repudiei essa conjunção adversativa, desde os tempos do colégio, e na vida prática então ela permanece mais odiosa ainda!)

Sim, queridos, infelizmente a paixão bovina, como em quase tudo na vida pode ter o seu “lado negro da força” também, produzindo nefastos e desastrosos efeitos aos bovinos mais desavisados em meio à irrefutável euforia de tal sentimento.

Por conta, e em nome de avassaladoras paixões bovinas, se cometem crimes hediondos e até de cunho patológico, se dilapidam patrimônios familiares, bovinos se expõem desmensuradamente a situações por vezes ridículas e vexatórias e por aí vai ... Tudo isso, talvez porque, um “bom” bovino(a) entorpecido de paixão, inadvertidamente, passou a esquecer de si próprio, e de tudo que um dia, obrou por conquistar e construir em sua vida bovina, quando ainda não estava envolvido ou apaixonado, pelo “ente” que lhe despertou tal sentimento ... ficando assim “doentiamente” à mercê de seu objeto de paixão, que por azar e infelicidade da vida, era do tipo nefasto bovino inescrupuloso ...


Indiscutivelmente, como já profetizava o bovino alemão e filósofo Nitchze, há por certo muita de “loucura” em uma verdadeira paixão, mas sempre há também, um certo fundo de razão em determinadas loucuras ...

Portanto bovinos, se mostrar aberto e entregar-se a uma boa paixão bovina, com sorte e recíproca, consiste em um promissor, prazeroso e salutar exercício de vida e convivência.
Mas deve-se ter sempre cautela, e se atentar para aquela por vezes indesejável “vozinha” interior da razão bovina, que volta e meia insiste em martelar nossos adoráveis ouvidos bovinos ... “ Quatro-patas no chão” boiada !

Bem sei, que a razão e a paixão bovinas, parecem já nascer, incompatíveis e divorciadas entre si, mas podem sim, com um certo “jeitinho bovino”, virem a ser, porque não, harmoniosamente conjugadas !

Por essas e por outras, fica aqui uma sugestão de VACA, que já se apaixonou por diversas vezes ...

Antes de se aventurarem despojadamente em uma PAIXÃO por mais sedutora que está, possa parecer, apaixonem-se inicialmente e de forma VORAZ e saudável por si mesmos!

Assim procedendo talvez, certamente corremos menos riscos de virarmos “bovinos trouxas” só por conta de uma irresistível paixão !

EM TEMPO: Esse texto, é dedicado a todos os bovinos e bovinas que já sofreram as conseqüências dos malefícios da paixão,em especial, a um grande boi amigo, que está hoje, a padecer de seu males ....

15 Comentários:

Blogger Antônio J. Xavier disse...

Quem nunca sofreu?!
Acho que não se passa por essa existência sem conhecer os dois lados...
Obrigado pela lembrança alegre do meu verdão!
E acho que vc já está ocupando um lugarzinh nas nossas arquibancadas sabia?
Uma "torcedora honorária"... hehehe
Obrigado pelas visitas e comentários, sempre interessantes.
Vou linkar vc... e pelo conteúdo do teu blog vou linkar vc na coluna "guerra do sexos"... dps dá uma olhada lá tem alguns links interessantes.
Bjão!

9 de maio de 2008 20:55  
Blogger LindaRê disse...

entendo perfeitamente desse mafefício... rs
mas é tão difícil!

beijos

10 de maio de 2008 10:39  
Blogger Antônio J. Xavier disse...

Corrigindo minha omissão... o blog de vcs está devidamente linkado.
Assim nunca mais perco o caminho... hehehe
Bjocas

10 de maio de 2008 11:04  
Blogger Ricardo Rayol disse...

E se deve se apaixonar por nós mesmos da forma mais intensa possível.

10 de maio de 2008 22:49  
Blogger Eu e Ela disse...

Feliz dia das mães meninas!!!!

Volto com calma pra comentar.

Bjs

11 de maio de 2008 12:18  
Blogger darsh. disse...

huahuahuahuahuahua
adooooooooooro esse blog!

12 de maio de 2008 10:24  
Blogger AcidoCloridrix disse...

1º Aniversário do Sexo com Arte e Humor, 13 de Maio de 2008,,,, aqui fica o CONVITE para a “festa”, o “bolo” e o “Presente” virtual solicitado!!!!
Agradecido também pela colaboração prestada em visitas e comentários ao longo deste ano, sem blogueiros como vós seria impossível comemorar agora este 1º ano,,,, OBRIGADO!!!!! H CL
(http://sexohumorprazer.blogspot.com/)

12 de maio de 2008 11:47  
Blogger Murdock disse...

Sabe que eu só tive uma paixão correspondida até hoje? E fui eu quem correspondeu, nunca me corresponderam.

13 de maio de 2008 09:07  
Blogger MH disse...

Meu, eu sempre falo isso: em primeiro lugar, se apixone por si mesmo.
(meu, eu sempre começo textos com...MEU)

Aliás, esse lance da Serotonina é muito legal...deve ser por isso que sou apaixonado por chocolate....e eles nunca me deram um fora...e nem barriguinha...amo..amo..amo...minha dose diaria de serotonina....a paixão em tabletes...

13 de maio de 2008 19:19  
Blogger Bridget Jones disse...

DM, minha querida jurista!

Ja me vi INFECTADA com essa coisa de paixão várias vezes e estou meio traumatizada. Não revoltada...traumatizada!

É um loosho ficar nesta nóia, mas de vez em qdo a gente surta e a coisa fica feia.

Melhor evitar.

13 de maio de 2008 20:35  
Blogger Bill disse...

Muito boas as suas reflexões, DM! Como dizia Schopenhauer, viver é querer. E querer é sofrer! Mais ou menos o que você disse aqui.
Bjooooooooosssssssssss!!!!!!!!!!

14 de maio de 2008 06:43  
Blogger DM disse...

Antônio Xavier: Virei sua fã também.... Preciso pedir para minha colega vaca linká-lo aqui...

Concordo com você, não tem jeito a gente sofre mesmo, mas depois dos trinta já dá pelo menos para se calcular os riscos da paixão ... Gracias pelo título de torcedora honorária... Amo meus "porquinhos", e adoro vê-los felizes por causa do time ... Só que no próximo domingo, a "peleia" vai ser séria ... INTER X PALMEIRAS, Aí, lamento, terei de estar na torcida contrária ... Beijos

Lindarê: Acho que quase todo mundo que já viveu uma paixão, entende os riscos e os malefícios de uma ...

Rayol: Apaixonar-se por si mesmo sempre, é mais do que essencial, questão de sobrevivência bovina !!!

EU e ELA: Obrigada pela lembrança do Dia das Mães !!! Somos vacas mães sim, com orgulho, mas ser mãe dá um trabalhão !!!!

MURDOK: Querido, não desista da Paixão, mas é sempre bom ter cuidado... Eu por exemplo só fui viver uma tórrida e caliente paixão plenamente correspondida somente depois dos trinta ...

MH - Segundo especialistas SEROTONINA é tudo, que bom que voltou ... Passei por lá e não deu prá comentar, mas eu volto !!!

Dra Bridget: Paixões são contagiantes, por vezes irresistíveis e conforme o caso podem deixar traumas no paciente sim ... Mas uma boa terapia com você e a Dra. Lee, pode ajudar, não é mesmo ???
Beijos querida !

Bill- Schopenhauer a exemplo de todos os filósofos alemães, sempre refletiram e muito sobre as razões do sofrimento da alma humana, e a paixão invariavelmente, sempre apareçe em tais tratados filosóficos retratada de forma não tão apaixonante assim ... Coincidência ou não, ontem mesmo ainda estava lendo alguma coisa sobre Shopenhauer, este coitado, n unca se permitiu viver uma paixão, acho até que odiava as mulheres, digo as vacas ....

Beijos em todos!!!

GENTE, CADÊ A VACA DA AP HEM ???

14 de maio de 2008 08:23  
Blogger Eu e Ela disse...

a AP não está apaixonada???

Sou suspeita pra falar de paixão, sou muito racional pra esses assustos, mas isso não é bom, gostaria de pelo menos uma vez na vida perder a cabeça.
Mas não consigo, o coração bate mais forte e logo chega a razão colocando questionamentos.

Mas que é bom demais curtir uma paixão correspondida a altura, ahhhh isso é...

Beijos

14 de maio de 2008 10:05  
Blogger Leonardo Curcino disse...

adooorei! :D

14 de maio de 2008 16:26  
Anonymous Beth disse...

..."apaixonem-se inicialmente e de forma VORAZ e saudável por si mesmos!..."
Esse é o grande mistério da fé:
Acreditar que deve-se em primeiro gostar de si mesmo.
Mas, há muitos que ainda preferem enxergar que só é feliz se o outro, o parceiro lhe der a reciprocidade devida.
bjs

19 de maio de 2008 07:22  

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial



 

 

Um olhar feminino sobre o universo... digamos, bovino. Mulheres falando da vida e de outras mulheres.
Mulheres explicando às outras que, querendo ou não, somos todas umas vacas!




A calma alma má
A cor da letra
Adão Braga - Corpo, alma e espírito
Adão Braga - Conectado
Aletômetro
All Racing
Apoio Fraterno
Ansiosa e prematura
Avassaladora
Banana com peperoncino
Bomba MH
By Oscar Luiz
Coisas e tralhas - Mutumutum
Colóquio
Concerto em Dó Menor
Conversas furtadas
Eu sei, mas Esqueci
Eu sou garota?
Fábio Centenaro
Geek Chic
Gothicbox
Hipermoderna
Immortal lust
Instant Karma
Isso é Bossa Nova!
Irmãos Brain
Jornal da Lua
Juarez, o cabrito montês
Limão Expresso
Luz de Luma, yes party!
Jogando Conversa fora
Mas, bah!
Mais atitudes
Matérias repugnantes de um brejo
Melica
Memórias póstumas de um puto prestimoso
Meu cantinho
MOrsa sem pelo
Mulher é tudo bandida
Mulher Remédio
Neuróticos modernos - Filosofia mequetrefe
O estranho mundo de Mila
Oncotô?
Os pensamentos de eu e ela
Paola, a estranha
Papo de buteco
Pensar enlouquece, pense nisso
Pererecas em chamas
Pérolas políticas
Remembrança
Saber é bom demais
Sem frescura
She's like the wind
Sinceros receios
Smile
Sobre sapos, pererecas e afins
Somos todos uns cachorros
Sou para-raio de doido
Uma mente nada brilhante
Van Filosofia
Vertente
Wolverine responde



Fevereiro 2007

Março 2007
Abril 2007
Maio 2007
Junho 2007
Julho 2007
Agosto 2007
Setembro 2007
Outubro 2007
Novembro 2007
Dezembro 2007
Janeiro 2008
Fevereiro 2008
Março 2008
Abril 2008
Maio 2008
Junho 2008
Agosto 2008
Setembro 2008
Outubro 2008
Janeiro 2009
Fevereiro 2009
Março 2009
Abril 2009
Dezembro 2009
Março 2010





Powered by Blogger



eXTReMe Tracker